A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

11/07/2010 15:34

Mulher denuncia perda de casa da Agehab no Noroeste

Redação

A proprietária de uma das casas no Jardim Noroeste, invadidas na semana passada por um grupo de pessoas, chegou neste domingo para verificar como andava a pintura do imóvel e se deparou com outra família morando no local. Ela já solicitou ligação de água e luz e aguardava apenas o término da reforma para se mudar.

A auxiliar de limpeza Sandra da Silva foi contemplada em outubro do ano passado com uma das casas construídas no Jardim Noroeste. Desde então, ela está terminando de reformar a casa, instalando piso e pintando o imóvel. Depois de uma semana das invasões, a proprietária foi verificar a situação e viu uma outra família no local.

"Minha irmã que viu que tinha gente na minha casa. Quando cheguei lá, um homem chamado César disse que foi a Agehab [Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul] que colocou ele lá. Mas como pode? Primeiro tiram o invasor, e depois colocam um estranho na casa que é minha por direito?", indigna-se a mulher.

Sandra complementa que as ligações de água e luz estão no nome dela, inclusive com contas já emitidas e pagas. Ela afirma que a Agehab informou que somente resolverá o problema amanhã.

Atualmente, a auxiliar de limpeza mora com o marido e quatro filhos em uma casa alugada no Jardim das Hortências. A reportagem procurou a assessoria da Agehab, mas não obteve retorno.

Mais de cem empresas são notificadas por não cumprirem lei de aprendizagem
Mais de cem empresas foram notificadas por não cumprem a Lei de Aprendizagem em Mato Grosso do Sul. Segundo a Superintendência Regional do Trabalho, ...
Universidades terão incentivo de R$ 10 milhões a projetos de combate a obesidade
Chamada pública do Ministério da Saúde incentiva universidades públicas e privadas a desenvolver projetos com ações de prevenção, diagnóstico e trata...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions