A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/12/2009 13:49

Obras do PAC inundam região do Tijuca há 4 meses

Redação

Crateras, lama e enxurrada são o cenário depois das obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) no bairro Tijuca, na Capital. Na rua Conde de Boa Vista buraco está aberto há 4 meses e, segundo os moradores, quando chove vira verdadeiro "dilúvio".

Um dos bairros próximos ao Tijuca, o Barra da Tijuca, é chamado de "Barro da Tijuca", pelos moradores, tamanho o transtorno nos últimos dias.

No local, ocorrem obras do complexo PAC/Lagoa, paradas devido a chuva nos últimos dias. O projeto do governo federal, em parceria com a prefeitura, prevê a urbanização do bairro, inclusive Barra da Tijuca I e Barra da Tijuca II.

Moradora do bairro há 10 anos, Elizabeth Martins, 44 anos, conta que para atravessar a rua, "apenas de trator, porque moto e carro normal atolam na lama".

A dona de casa diz que no dia 21 de novembro diversas autoridades estiveram em solenidade (assinatura da ordem de serviço das obras) no bairro, mas em sua opinião "deveriam inaugurar quando tudo estivesse terminado, não com as coisas neste estado".

Elizabeth disse que a cratera transborda e as crianças começam a nadar no local. "Elas tomam banho no buraco, podem pegar doenças e quem sabe o que mais".

Além do transtorno com as crateras, a moradora reclama do policiamento, antigo problema de todo a região, que possui apenas um posto policial que atende vários bairros na região. "Eles só aparecem depois que já aconteceu algo, senão, nunca", reclama Clarice Martins, 24 anos. A jovem disse que há muito tráfico de drogas na região e que a PM sempre alega "falta de gasolina".

O líder comunitário Jhoseff Bulhões de Souza, 22 anos, diz que a prefeitura "cascalhou" as ruas na região e o problema das inundações pioraram, "Agora a água não escoa para o solo e inunda tudo".

Segundo Jhoseff, não há previsão de asfalto nas ruas do bairro, apenas na avenida principal e que a canalização não foi feita nos bairros acima da Barra. "A água da chuva não tem saída, o asfalto não tem bueiros, não está canalizado".

Coletivos

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions