A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/01/2008 06:03

Sem-terra voltam a bloquear rodovias federais de MS

Redação

Os sem-terra retomaram por volta de 6h30 os bloqueios em rodovias federais de Mato Grosso do Sul, um protesto pela permanência do atual superintendente do Incra, Luís Carlos Bonelli. Os bloqueios tiveram início na sexta-feira última.

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), cerca de 200 manifestantes já fecham a BR-262, em Campo Grande, na altura dos trilhos, quilômetro 302. Também há manifestantes fechando a BR-163, em Mundo Novo.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) está mobilizada desde ontem, para tentar negociar a liberação do fluxo, mas ainda não acionou a tropa de choque. Na sexta-feira o clima ficou tenso. Chegou a haver confronto entre sem-terra, motoristas e polícia em Naviraí.

Em Anhanduí os sem-terra ficaram sabendo que a tropa de choque iria desobstruir o trecho e liberaram antes da chegada dos policiais.

Os sem-terra querem a permanência de Bonelli no Incra e se manifestaram perante a indicação de Flodoaldo Alves para o cargo. O senador Valter Pereira (PMDB), que fez a indicação ao governo federal, acusa Bonelli de orquestrar o movimento dos sem-terra, por não querer se afastar do cargo.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions