A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/06/2011 20:33

Servidores da UFMS e UFGD discutem nessa sexta-feira se entram em greve

Ana Paula Carvalho

Nessa sexta-feira (10), servidores das universidades federais de Mato Grosso do Sul (UFMS e UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados) participarão de uma assembleia para definir se os trabalhadores vão aderir ao movimento nacional de paralisação.

O movimento teve início no dia 06 deste mês, mas de forma parcial, já que menos da metade das 46 universidades federais do país entrou em greve.

A assembléia acontece a partir das 09h no auditório do Centro de Ciências Humanas e Sociais da UFMS e foi convocado pelo SISTA/MS (Sindicato dos Trabalhadores nas Instituições de Ensino Superior de MS).

A coordenação da entidade mantém uma posição de cautela em relação à paralisação das atividades, já que o Governo Federal por meio dos ministérios da Educação e Planejamento se mostrou disposto a negociar com os servidores. Mesmo assim, a proposta para decisão será tomada em conjunto pelos trabalhadores.

Reivindicação- A defesa da carreira dos servidores técnico-administrativos das universidades federais brasileiras é a principal bandeira do movimento sindical da categoria. Em ofício encaminhado à Presidência da República, a Fasubra (Federação dos Servidores nas Universidades Brasileiras) pede que sejam apresentados recursos para serem alocados no piso da tabela salarial 2011/2012.

Os servidores também reivindicam a racionalização dos cargos, reposicionamento de aposentados e reajuste de benefícios para todas as classes da categoria.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions