A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/08/2016 09:37

Suspeitos de traficar droga sintética são presos com armas em MS

Viviane Oliveira
Operação, com 400 policiais, foi desencadeada nesta manhã. (Foto: divulgação/Polícia Civil)Operação, com 400 policiais, foi desencadeada nesta manhã. (Foto: divulgação/Polícia Civil)

Dois traficantes foram presos com seis armas e munições, na manhã de hoje (24) em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande. Eles foram detidos com pistola, revólveres e armas longas durante a operação Reflexo, desencadeada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul, para desarticular quadrilha especializada no tráfico de drogas sintéticas.

No total, são 400 policiais para cumprir 81 mandados em 15 cidades no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Goiás e nos municípios de Ponta Porã e Dourados. “Mato Grosso do Sul, um dos pontos fortes de apoio da quadrilha, tinha participação fundamental por causa da rota”, explica o delegado Mario Souza, chefe do Denarc (Departamento Estadual do Narcotráfico).

Ainda de acordo com o delegado, durante 10 meses de investigação, os agentes se infiltraram em festas, principalmente no litoral norte gaúcho, para identificar os lideres do esquema. “Nós identificamos 34 suspeitos, sendo seis lideres”, afirma a autoridade policial.

As drogas, que chegavam ao Brasil pelo Uruguai, Paraguai e Europa, eram armazenadas em Santa Catarina e distribuídas para os Estados. As vendas eram feitas principalmente em eventos de música eletrônica. “Até às 10h de hoje já foram cumpridos 29 mandados de prisão, apreendidas 10 armas, drogas sintéticas, maconha, cocaína, dinheiro e veículos”, diz.

Segundo o delegado, em conjunto com a polícia de Mato Grosso do Sul foi cortado um importante esquema de tráfico de drogas. “A quadrilha era bem sofisticada com participação na alta sociedade”, explica.

O nome da operação é em alusão a vida dupla que dos traficantes levavam e do reflexo do crime em vários Estados. As principais drogas comercializadas pelo grupo eram LSD, ecstasy, MDMA, skank, anfetaminas e quetaminas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions