ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  11    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

TJ marca a primeira perícia sobre sanidade de Zeolla

Por Redação | 23/09/2009 14:31

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul marcou a primeira perícia médica para analisar a sanidade do procurador de Justiça Carlos Alberto Zeolla, acusado de matar o sobrinho, Cláudio Alexander Joaquim Zeolla. A perícia será anexada ao processo criminal, já que na ação administrativa já foi apontado que ele tem incapacidade mental.

Segundo o advogado José Trad, um médico indicado pelo Poder Judiciário irá realizar a perícia no dia 29 deste mês. Dois médicos indicados pela defesa vão acompanhar o exame. Se a defesa não concordar, a Justiça poderá obter outro laudo.

Em outro processo, na área administrativa para apurar o mesmo crime, a equipe médica constatou que o procurador tem incapacidade mental e poderá ser aposentado com salário de R$ 22 mil por mês.

Após a elaboração do laudo, o