ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 22º

Direto das Ruas

Falta de respirador aumenta espera por cirurgias no Hospital Regional

Pacientes são informados de que todos os tipos de procedimento estão suspensos devido à ausência do equipamento

Por Jones Mário | 08/08/2019 16:44
Entrada do Hospital Regional, localizado em Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Entrada do Hospital Regional, localizado em Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

A falta de respiradores agrava a fila de espera por cirurgia no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande. Conforme leitores e informações apuradas pela reportagem, o problema já dura dois meses.

Pacientes que aguardam por cirurgia no hospital são informados de que todos os tipos de procedimento estão suspensos devido à ausência do equipamento.

Também chamado de ventilador mecânico, o respirador bombeia ar para os pulmões e possibilita a sua saída, a fim de dar suporte ao sistema respiratório. Sem o equipamento, enfermeiros precisam recorrer ao “ambu”, respirador de operação manual.

Mulher de 45 anos, cuja identidade foi preservada, denuncia que o marido está há 15 dias aguardando por cirurgia de ponte aorto-coronária, a popular ponte de safena. Segundo ela, há pacientes há quase dois meses também à espera.

“Os médicos dizem que qualquer UPA [Unidade de Pronto Atendimento] tem respirador, mas no HR não tem. E não tem nenhuma previsão de regularizar”, lamenta.

Em nota, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) rebateu as denúncias. A pasta chefiada pelo secretário Geraldo Resende alega que “não há falta de respiradores na unidade e que todos os procedimentos cirúrgicos estão recebendo suporte dos respiradores”.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário