ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 22º

Direto das Ruas

São três anos “dentro de buracos”, reclamam moradores do Noroeste

Prefeitura garantiu que reclamações serão inclusas em programação de serviços

Por Danielle Valentim | 11/03/2019 16:01
Erosões cabem uma pessoa. (Foto: Direto das Ruas)
Erosões cabem uma pessoa. (Foto: Direto das Ruas)
Situação da Rua EW1. (Foto: Direto das Ruas)
Situação da Rua EW1. (Foto: Direto das Ruas)

Há exatamente três anos, moradores do Jardim Noroeste procuraram o Campo Grande News para reclamar de ruas tomadas por erosões gigantescas. Passado o tempo, nada mudou. Em dia de chuva, as fendas enchem d’água e ninguém sai de casa, porque, para piorar, além dos buracos, as ruas dos bairros estão sem iluminação pública e o medo é ser “engolido” na escuridão.

Um dos moradores da Rua EW1, que preferiu não ter o nome divulgado, informa que as grandes aberturas na via expuseram até o encanamento. “E se afetar o abastecimento de água?”, questiona, preocupado com a situação.

Além da EW1, na Rua da Conquista, os moradores enfrentam os buracos e muito lixo jogado as margens da via e dentro das aberturas.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que a manutenção das vias públicas no Jardim Noroeste é feita de forma sistemática. Ainda segundo o Executivo, a reclamação será encaminhada ao setor responsável para ser incluída na programação de serviços.

Há três anos – O problema da EW1 é recorrente e há exatamente três anos já era assunto de reportagem do Campo Grande News. Na denúncia também constava a via paralela Rua Martins de Sá.

À época, muito lixo já era jogado dentro dos buracos. Desde aparelhos de televisão até restos de comida. Mas a erosão também estava no cruzamento das ruas Ataúlfo Paiva e Pinhal, onde um buraco se formou num trecho de três quadras, em direção ao Chácara dos Poderes.

Direto das Ruas – As imagens chegaram ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário