A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Junho de 2018

21/07/2017 10:09

Clientes lotam lavanderias no frio e movimento cresce até 100%

Renata Volpe Haddad
Movimento em lavanderias cresce em até 100% no inverno com lavagens de casacos, edredons e cobertores.  (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)Movimento em lavanderias cresce em até 100% no inverno com lavagens de casacos, edredons e cobertores. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)

Sempre no inverno, as pessoas tiram do guarda-roupa aqueles cobertores e casacos mais pesados que ficaram guardados a maior parte do ano. Com isso, o aumento de movimento nas lavanderias de Campo Grande cresce em até 100% durante a estação, para lavagem das roupas que acumulam ácaros.

Na Única Lavanderia, localizada na rua Euclides da Cunha, a gerente Eliane Rocha da Silva conta que a procura por clientes no inverno dobra. "É só esfriar que nossa demanda aumenta em até 100%. As pessoas trazem mais cobertores e casacos mais pesados que ficaram guardados durante o ano", comenta.

Mesmo com a demanda maior, a lavanderia não contratou mais funcionários. "Geralmente são lavagens a seco e como sabemos que essa época do ano a demanda cresce, a gente se prepara melhor para atender nossos clientes".

A proprietária da Max Wash situada na Pedro Celestino, Noemi Noguchi Ueno, diz que quando o tempo muda rapidamente, a lavanderia fica lotada. "As pessoas vão lembrar de usar os cobertores ou os casacos mais pesados só quando esfria. Ai, como na lavanderia o processo de secagem é mais rápido, nossa demanda cresce em até 50% no inverno e como somos uma das únicas lavanderias que lava couro, isso contribui para o movimento ser maior".

Além do inverno, o movimento cresce também por causa das férias. "Julho é época de férias das crianças, as famílias dão férias às empregadas e nossa demanda também cresce por isso. Quando está bastante movimentado, contrato uma free lance, mas só para ajudar no dia".

Na Serv Lav, localizada na rua 13 de Junho, a proprietária Belchis Rosso, conta que a demanda no inverno cresce em até 15%. "Campo Grande quase não faz frio, mas quando faz, a população lava bastante cobertor, casacos mais pesados e edredons".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions