A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

03/10/2017 10:43

Governador diz que estudos avaliam o que vai ser melhor para MSGás

Funcionários paralisaram as atividades hoje contra o estudo que pode levar a privatização da concessionária

Guilherme Henri e Mayara e Bueno
Governador Reinaldo Azambuja durante abertura da 6ª Conferência de Cidades (Foto: Mayara Bueno)Governador Reinaldo Azambuja durante abertura da 6ª Conferência de Cidades (Foto: Mayara Bueno)

O governador Reinaldo Azambuja revelou na manhã desta terça-feira (3), durante a abertura da 6ª Conferência de Cidades, que o estudo feito sobre a MSGás tem o objetivo de avaliar o que vai ser melhor para Mato Grosso do Sul.

A afirmação refere-se a paralisação dos funcionários da MSGás hoje contra os estudos conduzidos pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) que, segundo eles, podem levar à privatização da companhia.

De acordo com o chefe do executivo, “cada servidor tem o direito de defender o seu feudo, porém nós estamos fazendo um estudo para ver quanto vale a MSGás. Não tem decisão nenhuma de privatização”, destaca.

Ainda sobre o estudo, Reinaldo detalhou que a oferta surgiu do BNDES para o Estado fazer uma análise da empresa a curto e longo prazo sobre a viabilidade de crescimento da MS Gás, e as expectativas de mercado do gás brasileiro. “Isso incomoda algumas pessoas. Mas, corporativismo é isso, defender seu feudo como se aquele patrimônio fosse seu, mas é do Estado”, pontua.

Paralisação - Os trabalhadores estão em frente à sede da unidade, na Avenida Ministro João Arinos, e às 9h30 seguem para a Assembleia Legislativa, onde participam da sessão ordinária.

Tiago Andreotti é advogado e funcionário da MS Gás. Ele diz que os funcionários foram surpreendidos com o edital para estudo de privatização aberto em julho. “Esse processo, nós ficamos sabendo de um dia para o outro, com a publicação do edital. Não houve uma conversa”, pontua.

O movimento acompanha protestos em todo o país no chamado Dia de Luta pela Soberania Nacional, contrário às concessões de empresas públicas.

Contra privatização da MSGás, funcionários prometem greve nesta terça
Trabalhadores da MSGás, empresa estatal do Governo do Estado que explora o gás natural em Mato Grosso do Sul, prometem entrar em greve por um dia nes...
Companhia abre voos extras durante o inverno
A demanda por viagens no período das férias escolares, mês de julho, faz com que a Gol amplie a rede de rotas diárias. Serão disponibilizados mais de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions