A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

13/05/2014 11:05

Grupo que administra trecho da BR-163 lucra R$ 341 milhões no primeiro trimestre

Marta Ferreira
Equipe a serviço da CCR na BR-163, trecho assumido pela empresa em março. (Foto: Cleber Gellio)Equipe a serviço da CCR na BR-163, trecho assumido pela empresa em março. (Foto: Cleber Gellio)

O grupo CCR, que assumiu este ano a administração de 847,2 quilômetros da BR-163, uma das principais artérias rodoviárias que cortam Mato Grosso do Sul, registrou no primeiro trimestre de 2013 lucro líquido de R$ 343,1 milhões. Esse montante representa crescimento de 1,9% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Balanço divulgado pela empresa, segundo o jornal Valor Econômico, revela que o crescimento foi limitado por maiores custos e despesas administrativas, além do encarecimento dos juros.

Conforme os dados divulgados, o crescimento foi tímido mesmo diante de uma receita líquida 12% maior, de R$ 1,35 bilhão no primeiro trimestre. O principal fator apontado para esse faturamento foi o crescimento no tráfego das rodovias, de 9,2%.

A empresa tem diferentes ativos em fase inicial de investimento entre os quais se inclui a MSVia, como foi chamado pela empresa o trecho da BR-163 em Mato Grosso do Sul. O grupo assumiu o trecho em março, para administração por 30 anos.

A CCR é responsável por 2.437 quilômetros de rodovias, distribuídos por São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. Conforme a empresa, isso representa 15% da quilometragem total das rodovias concedidas à iniciativa privada no País.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions