A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

16/03/2017 13:26

Melhora nas vendas indica reação do comércio, avalia Associação Comercial

Elci Holsback
Entidade acredita que saque do FGTS vai estimular comércio (Foto: Arquivo CG News)Entidade acredita que saque do FGTS vai estimular comércio (Foto: Arquivo CG News)

Comércio da Capital registrou reação no mês de fevereiro, comparado ao mesmo período do ano passado. Foram 83 pontos em 2017, contra 78 registrados em 2016, de acordo com pesquisa do Movimento do Comércio Varejista, realizada pela (ACICG) Associação Comercial e Industrial de Campo Grande.

Mesmo ficando sete pontos abaixo do índice de janeiro, é o quatro mês consecutivo que o desempenho do mês analisado apresenta melhor resultado que o mesmo do ano anterior.

"Fevereiro de 2016 foi péssimo, mas esse número mostra reação do setor, o que é muito positivo. Passamos um período muito complicado de queda nas vendas e agora o que vemos é que essa retração acabou", comenta o presidente da ACICG,João Carlos Polidoro.

Para o presidente, esse índice positivo se deve à inflação mais baixa e recuperação gradativa no saldo de empregos.

"Neste ano a inflação projeta ficar em um dígito, em torno dos 4,07%, quando em 2016 era de dois dígitos, acima dos 12%. Mesmo ainda com saldo negativo, a geração de empregos tem apresentado melhora e nesta semana, o anúncio de investimento de R$ 24,8 milhões do Codecon animou o setor, pois, representa crescimento, geração de renda e de mais de 200 empregos", avalia Polidoro.

Expectativa - Em março são esperados índices ainda melhores, com a injeção de aproximadamente R$ 41 milhões na economia campo-grandense, referentes aos saques das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), que iniciaram no último dia 10 para trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro.

"É um dinheiro que estava parado, não integrava a economia e de agora até julho, serão R$ 41 milhões por mês. A maioria dessas pessoas, 45% pretende pagar contas, saldar as dívidas, outros 17% vai poupar e 38% vai realizar novas compras. O empresário está atento a isso, realizando promoções, atraindo o consumidor, o que vai ser positivo para o setor", destaca Polidoro.

Codecon aprova projetos de R$ 24,8 milhões e geração de 212 empregos
Em reunião realizada ontem (13) o Codecon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico), aprovou cinco projetos em um valor total de investimento...
Senado aprova, em segundo turno, PEC do Simples Municipal
  O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 19, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/2015, o chamado "Simples Municip...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions