A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

06/02/2017 13:45

Para economizar, governo cria centros de atendimento em cidades do interior

Priscilla Peres e Alberto Dias
Miranda foi o primeiro município do interior a ter um Fácil. (Foto: Divulgação)Miranda foi o primeiro município do interior a ter um Fácil. (Foto: Divulgação)

O governo do Estado decidiu concentrar órgãos em um único prédio nos municípios do interior. A medida, que já está em vigor em várias cidades, integra a reforma administrativa feita pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para economizar e ajustar as contas mensais.

O governo não detalhou quanto pretende economizar com a mudança, mas espera que até março, 45 cidades já tenham aderido a contensão de gastos. Além de diminuir as despesas, a medida gera comodidade para o cidadão, que poderá resolver várias questões em um único endereço.

Não é regra, mas em alguma cidades foram unidos a Agenfa (Agência Fazendária), Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal e Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural). A intenção é ao invés de três prédios, implantar um Fácil - Central de Atendimento ao Cidadão.

De acordo com a assessoria, Miranda foi o primeiro município a ter a mudança. Mas também aderiram Bela Vista, Corumbá, Guia Lopes e Jardim. Onde o Estado tem outros órgãos, como Imasul por exemplo, ele também pode estar incluso na mesma estrutura.

Exemplo de como a economia acontece, segundo o o governo, é em Bela Vista. Lá, o governo pagava R$ 1.600 em cada um dos três prédios. Com a mudança, economiza aluguel, água, luz e manutenção de duas unidades agora.

“O mapeamento dos prédios públicos feito pela Sefaz nos mostrou a possibilidade de aproveitar espaços que poderiam ser adequados. Dessa maneira o governo pode oferecer mais facilidade e agilidade aos contribuintes, com o acesso a vários serviços em um único lugar”, explicou o secretário de Fazenda Marcio Monteiro.

Dólar sobe com investidor à espera de semana 'cheia' na política
  À espera da próxima semana, que promete ser recheada de acontecimentos políticos importantes, o investidor operou na defensiva na tarde desta sexta...
Blairo Maggi deve ir aos EUA tratar da suspensão à importação de carne bovina
O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse que deve viajar aos Estados Unidos para prestar esclarecimentos e tentar reverter a suspensão à import...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions