A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

20/02/2017 09:18

Projeto do governo quer limitar despesas estaduais por 10 anos

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Cúpula do governo está reunida neste momento. (Foto: André Bittar)Cúpula do governo está reunida neste momento. (Foto: André Bittar)

O governo do Estado apresenta, nesta segunda-feira (20), a proposta para limitar gastos públicos, ou seja, reduzir as despesas e equilibrar as contas estaduais pelos próximos 10 anos. A meta do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) é metade da aprovada em âmbito federal, que regula gastos por 20 anos.

De acordo com prévia do projeto que ainda será detalhado, o limite dos gastos tem por objetivo estabelecer limites de despesas pelo prazo de 10 ano, com revisão há cada cinco anos.

Conforme o governo, os limites serão vinculados ao IPCA (inflação medida pelo IBGE) acrescido de 20% do crescimento real da RCL (Receita Corrente Liquida), limitados a 90%. Isso significa, que as despesas estaduais não podem passar a inflação prevista para cada ano mais 20% do aumento na arrecadação.

A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) vai abranger os poderes Executivos, Judiciário e Legislativo, assim como Tribunal de Contas, Ministério Público e Defensoria Pública. Ou seja, todo esses órgão terão que controlar as despesas pelos próximos anos.

O governo do Estado concede coletiva neste momento para explicar cada item da reforma administrativa, que será encaminhada para aprovação dos deputados na Assembleia Legislativa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions