A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/04/2012 16:00

Empresa do ramo imobiliário arremata sede do Operário por R$ 720 mil

Fabiano Arruda e Luciana Brazil
Imóvel, arrematado pelo lance mínimo, pode virar canteiro de obras para construção de casas ou apartamentos. (Foto: Simão Nogueira)Imóvel, arrematado pelo lance mínimo, pode virar canteiro de obras para construção de casas ou apartamentos. (Foto: Simão Nogueira)

Pelo lance mínimo, empresa do setor imobiliário arrematou a sede do Operário em leilão, que durou um minuto, realizado nesta terça-feira em Campo Grande. O pagamento foi feito com R$ 216 mil à vista mais seis parcelas.

O imóvel é avaliado em R$ 1,8 milhão, mas está em situação precária, segundo consta em processo. O leilão é fruto de ação trabalhista movida pelo técnico Amarildo Carvalho, datada de 1996.

O corretor de imóveis que representa a empresa, Joilson Barata, acompanhou o leilão e revelou que, futuramente, o local pode virar canteiro de obras para construção de casas ou apartamentos. Ele não quis revelar o nome da vencedora.

Agora segue o prazo de 30 dias para ser entregue a carta de rematação ao novo proprietário. Do outro lado, o Operário tem cinco dias para recorrer à Justiça.

O presidente do clube, Tony Vieira, já avisou que vai recorrer. “Quem arrematar não vai levar porque vamos brigar por isto”, avisou.

Imóvel - A sede de campo Operário, no loteamento Nova Campo Grande, hoje Santa Mônica, tem área total de 50,3 mil metros quadrados e, segundo o processo trabalhista, “corresponde” ao Operário.

Segundo consta, no imóvel existem dois campos de futebol, duas quadras de futebol de salão, uma edificação com três salões; dois banheiros; piscina desativada e uma casa simples.



acabou !!!!
Por isso Novoperario FC
Futebol feito por gente seria, amante de futebo, sem politica,por amor
Ja esta na Serie B do campeonato sulmatogrossese
Vamos todos resgatar esse futebol

NOVOPERARIO esta ai !!!!!!!!!!!!!
 
Carlos Alcantara em 26/04/2012 01:27:01
Que notícia triste pois meu pai foi um dos muitos operarianos que ajudaram a construir a Poliesportiva, conversei com ele hoje e seus olhos vermelhos entreguaram a sua tristeza. Gostaria de parabenizar o Fabio Nogueira pelo comentário, não há mais motivo para ir ao Morenão, pois não há mais Comerário ! Que triste fim do nosso futebol !
 
Guilherme Fonseca em 25/04/2012 12:40:06
que pena!

anos de tradição, praticamentos jogados fora!!!


e ai Thyarlles Lopes lembra de mim? e por isso que vc anda sumido....
 
elisangela da silva ribeiro em 25/04/2012 12:01:40
É lamentavel o que fizeram com o Operário, deixar uma história se acabar dessa maneira. Sou comercialino, mas lamento o "fim" do operário, afinal qual a graça de ir ao Morenão no domingo se não for para ver o comercial bater o operario.
A queda do operário enfraquece também o comercial e todo nosso futebol. O que seria do INTER se não houvesse o GREMIO...
 
fabio Nogueira em 25/04/2012 11:33:30
Pertinho de casa manow, tomar que contrua apartamentos, assim, teremos mais visibilidade naquela região.
 
Thyarlles Lopes em 25/04/2012 10:10:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions