A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 13 de Novembro de 2018

15/03/2017 12:15

Operário promove gincana com crianças em escolas sobre a história do clube

Paulo Nonato de Souza
Crianças da Escola Estadual Neyder Shuelly Costa Vieira, no Aero Rancho, exibem os convites recebidos para ir aos jogos do Operário no Estádio Morenão (Foto: Operário/DivulgaçãoCrianças da Escola Estadual Neyder Shuelly Costa Vieira, no Aero Rancho, exibem os convites recebidos para ir aos jogos do Operário no Estádio Morenão (Foto: Operário/Divulgação

Levar o nome do Operário Futebol Clube para as escolas públicas de Campo Grande e envolver crianças em disputas de gincanas culturais sobre as façanhas e glórias do clube em competições estaduais, regionais, nacionais e internacionais ao longo de sua história.

Esta é a ação lançada pelo gestor de marketing do Operário, Orlando Arnoud, em parceria com a Fundesporte (Fundação Estadual de Esporte e Lazer) e Secretaria Estadual de Educação, com a missão de promover o resgate do interesse dos campo-grandenses não apenas pelo clube, mas pelo futebol em Campo Grande.

“Estamos trabalhando essa questão do resgate do interesse do torcedor a partir da raiz, que são as crianças, e com elas motivadas para ver futebol em Campo Grande nós teremos um número cada vez maior de famílias no Estádio Morenão. Nossa proposta, além de promover o Operário e a conquista de novos torcedores, é promover a união das famílias pelo futebol”, disse Orlando Arnoud.

Segundo ele, nesta etapa de lançamento da promoção foram distribuídos seis mil convites para as gincanas em seis escolas da rede estadual de ensino nos bairros Aero Rancho, Copavilla II, Parque Lajeado, Tijuca II e Vila Santo Eugênio. Estão na promoção as escolas Professor Sílvio Oliveira dos Santos e Professor Neyder Shuelly Costa Vieira, no Aero Rancho; Professor José Scampini, na Coopavila II; Aracy Eudociaki, do Tijuca II; Elvira Mathias de Oliveira, na Vila Santo Eugênio, e Professora Thereza Noronha de Carvalho, no Parque Lajeado.

As regras estabelecidas incluem conhecimentos sobre a história do Operário, resultados de jogos históricos, como os títulos estaduais, a campanha do terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de 1977, a conquista da President’s Cup em 1982, na Coréia do Sul, e até saber cantar o hino do clube.

“Vamos fazer competições entre as escolas. Por exemplo, a escola que tiver o maior número de alunos no estádio ganhará troféu, a sala da escola campeã com mais alunos no estádio ganhará uma visita ao treino do time, inclusive com direito de ir para o treinamento no ônibus do clube, e o aluno com maior número de acompanhantes, entre familiares e amigos, ganhará uma camisa personalizada do Operário”, explicou Orlando Arnoud.

No verso dos folhetos distribuídos nas escolas consta a letra do hino do Operário. Pelas regras, serão escolhidos três alunos de cada escola para cantar o hino do clube, e os que cantarem vão ganhar produtos exclusivos do clube. “Enfim, a ideia é mexer com a criançada e com isso motivar as famílias para que elas participem e deem mais vida ao nosso futebol. É muito bom ver o pai, a mãe com os filhos no estádio”, ressaltou Orlando Arnoud.

Veja abaixo a letra do hino do Operário Futebol Clube, de autoria do compositor Luiz Carlos Amarilha:

Garra, amor e tradição

Destinado a ser campeão

De Mato Grosso o mais querido

E em campo é o mais temido

Garra, amor e tradição

Destinado a ser campeão

De Mato Grosso do Sul o mais querido

E em campo é o mais temido

O Operário é dono da torcida

De Campo Grande a mais unida

É Galo em qualquer terreiro

E valente como o povo brasileiro

O, o , o , pe, e, e, ra, ri, ô ,ô, ô

O, o , o , pe, e, e, ra, ri, ô ,ô, ô

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions