A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

03/05/2018 06:20

Árvore solitária a 8m de altura virou companhia inesperada em ensaio de casal

Ninguém imaginava que o "terrão" de uma área da cidade viraria cenário para um retrato de amor

Thailla Torres
No dia do casamento, escada para subir no morro e registrar o momento. (Foto: Daniel Ribeiro)No dia do casamento, escada para subir no morro e registrar o momento. (Foto: Daniel Ribeiro)

Tem foto que você olha e pensa: a natureza sempre dá um jeito. É assim nos retratos de casamento da esteticista Daiane dos Santos, de 24 anos, e do militar Lucas Mathias, de 21, ao lado de uma árvore solitária em um aterro em Campo Grande.

"Quando eu olhei a árvore na estrada, ao longe, não pensava que estivesse tão alta. Cheguei perto e pensei que não ia dar certo", conta Daiane.

O que ela não é imaginava é que o fotógrafo Daniel Ribeiro e o noivo fossem capazes de tudo para chegar perto da única sobrevivente em um aterro com cerca de 8 metros de profundidade na saída para Três Lagoas.

Essa foi a fotografia feita no ensaio pré-casamento. (Foto: Daniel Ribeiro)Essa foi a fotografia feita no ensaio pré-casamento. (Foto: Daniel Ribeiro)

"Escolhemos uma fazenda para fazer o ensaio, mas no caminho Daniel nos mostrou a árvore e sugeriu fazer a foto. Na hora topei, mas quando vi aquela altura toda, nem subindo no teto do carro dava certo".

Foi então que Lucas resolveu conversar com um operador de máquinas que estava no local para pedir ajuda. Quando Daiane se deu conta, estava em cima de uma escavadeira subindo até o topo do morro. "Devagarinho, com a máquina subimos. Lá de cima era lindo, o dia estava muito bonito", diz.

Ela também não imaginava que daquele "terrão" sairiam fotografias tão bonitas. "Eu amei quando vi a primeira foto, era só a gente e a árvore, virou o nosso mundinho".

Foi por isso que o casal resolveu repetir a dose. Depois do casamento, realizado no dia 28 de abril, eles sairam de madrugada e voltaram ao aterro para fazer a foto com vestido de noiva. "O fotógrafo conversou com o proprietário do local que colocou uma escada enorme pra gente subir. Ficamos lá até de manhã, foi lindo ver o amanhecer dali".

Casal recebeu ajudinha de trator para subir o morro. (Foto: Daniel Ribeiro)Casal recebeu ajudinha de trator para subir o morro. (Foto: Daniel Ribeiro)

Daiane e Lucas formam mais um casal que se começou com aquele tipo de história de amor improvável que até agora deu certo. Juntos há 11 meses, o pedido de casamento surgiu logo no terceiro mês de namoro.

"Eu e ele nos conhecemos no Tinder. Um dia o convidei para uma festa, conversamos e na outra semana começamos a namorar", diz Daiane. O que parece rápido, para o casal é intenso. "Houve intensidade e amor. O suficiente pra gente querer viver junto".

Ela de Campo Grande e ele de Minas Gerais, os não tiveram receio do tempo curto e partiram logo para o matrimônio, organizado em pouquíssimos meses. "Mesmo assim, foi tudo lindo, como eu sempre sonhei. E a natureza acabou fazendo parte de tudo", comenta ela.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Depois da cerimônia, casal voltou à arvore na madrugada. (Foto: Daniel Ribeiro)Depois da cerimônia, casal voltou à arvore na madrugada. (Foto: Daniel Ribeiro)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.