ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 23º

Comportamento

Casamento coletivo vai acabar com 19 anos de espera por noivado

45 casais oficializarão nesse sábado a legitimação matrimonial na igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Por Jéssica Fernandes | 03/08/2022 08:59
Tarcila e Henrique estão entre os casais que celebrarão união no sábado (06). (Foto: Arquivo pessoal)
Tarcila e Henrique estão entre os casais que celebrarão união no sábado (06). (Foto: Arquivo pessoal)

O pedido de casamento surpreendeu, após 19 anos de espera para oficializar a união na igreja. Tarcila Aparecida Sandim Nunes, de 32 anos, e Henrique Nunes, de 33 anos, se conheceram na adolescência e agora estão entre os 45 casais que participam do casamento comunitário do Santuário Estadual Nossa Senhora Perpétuo Socorro. O evento, que é tradição na instituição desde 2005, acontece no sábado (06), a partir das 10h.

“O mês de agosto é muito importante para nós na família e surgiu a oportunidade de oficializar o relacionamento agora na cerimônia. Eu estou nervosa, nunca imaginei me casando na igreja. Tô amando a ideia”, diz ela.

O pedido aconteceu em 8 de julho, um dia antes do início do curso que os noivos precisam fazer para a legitimação. “Ele sentou no sofá e falou que a gente ia casar. Foi a cara dele, bem espontâneo. Eu não esperava, porque eu falava que ele me enrola há 19 anos”, fala.

Juntos há 19 anos, eles são pais das meninas Ana Clara e Maria Luisa. (Foto: Arquivo pessoal)
Juntos há 19 anos, eles são pais das meninas Ana Clara e Maria Luisa. (Foto: Arquivo pessoal)

Pais de Ana Clara e Maria Luisa, o casal já preparou tudo para o evento de sábado. Tarcila afirma que o vestido já estão garantido. “Eu aluguei o vestido simples, mas com todo carinho. O buquê está encomendando, tudo prontinho conforme o protocolo da noiva”, explica. Animada, ela garante que vai acordar cedo para no dia fazer o cabelo e a maquiagem.

Para ela, o casamento ganha um significado mais importante, pois as duas filhas estarão presentes. “Meu marido sempre quis que elas tivessem uma lembrança da família. Isso é uma coisa que elas vão se lembrar para o resto da vida delas”, destaca.

Irene e Edson também vão celebrar a união durante casamento coletivo. (Foto: Arquivo pessoal)
Irene e Edson também vão celebrar a união durante casamento coletivo. (Foto: Arquivo pessoal)

De bem com os sacramentos - Na mesma fila para entrar na igreja, Irene de Oliveira Santos, de 59 anos anos, vai finalmente oficial na igreja a união com Edson Ferreira, de 63 anos. É uma etapa que para Irene sempre fez diferença. “Somos cristãos, participantes e sou catequista na Perpétuo Socorro. Só me falta o sacramento do  matrimônio para estar de bem com nossos sacramentos”, conta.

Juntos há 17 anos, eles se conheceram no antigo Clube Libanês e nunca mais se separaram. Mas foi a cabeleireira foi quem teve de pedir Edson em casamento e garante que tudo está organizado para celebrar a ocasião. “Comprei o vestido e já está tudo pronto, tanto meu como do meu esposo. Os preparativos para recepção também está tudo pronto”, frisa.

Ela relata que alcançou diversas graças através da fé e está animada para ter o relacionamento abençoado. “Já alcancei muitas graças com intercessão  de Nossa Senhora e Jesus sempre nos protegendo. Estou muito feliz e ansiosa  para  estar de bem com Deus”, conclui.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias