A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

04/02/2020 07:49

Com ensaio sensual plus size, Pricielle deu “adeus” ao preconceito e gordofobia

Ela é professora e já foi muito atacada nas redes sociais por conta do peso que foge aos padrões

Alana Portela
Pricielle Ferreira posou para as lentes durante seu ensaio plus size (Foto: Alexandra Rodi)Pricielle Ferreira posou para as lentes durante seu ensaio plus size (Foto: Alexandra Rodi)

Aos 30 anos, Pricielle Ferreira teve de encarar várias vezes o preconceito por não se encaixar no “padrão” de beleza. Longe do corpo magro, hoje, ela é feliz e bem resolvida com a aparência, porém precisa sempre bater na tecla do amor próprio para enfrentar os comentários maldosos nas redes sociais.

“Recentemente fiz uma publicação de foto no Facebook e um rapaz fez uma postagem gordofóbica. Tirei print e fiz outra publicação com foto minha e dele. Deu bastante repercussão”, diz.

A situação ocorreu há um mês, quando Pricielle, assim como todos os usuários das redes socais, publicou uma imagem para deixar registrada no perfil. A atitude do rapaz só não a prejudicou, porque ela aprendeu que é preciso se amar em primeiro lugar. “Sou bem resolvida com essa situação, mas poderia ter prejudicado outra pessoa”.

Ela é professora e usa a influência da sala de aula para empoderar as alunas, ensiná-las que se amar não é errado. “Trabalho na questão de aceitação. Tento passar para elas como são lindas, falo sobre amor o próprio, sempre bato muito nessa tecla. Fiz até vídeos nos stories falando sobre isso”.

Ela sensualizou e mostrou a beleza natural do corpo e sua adorada tatuagem (Foto: Alexandra Rodi)Ela sensualizou e mostrou a beleza natural do corpo e sua adorada tatuagem (Foto: Alexandra Rodi)
A modelo se sentiu à vontade para posar como quisesse (Foto: Alexandra Rodi)A modelo se sentiu à vontade para posar como quisesse (Foto: Alexandra Rodi)

Pricielle relata que teve uma vida complicada com relação ao ganho de peso. Quando criança era magra, mas na adolescência, após perder a avó, passou a ganhar peso. “Engordei 40 quilos em dois, três anos. Foi difícil passar por isso porque não era gordinha e era uma época que estava me descobrindo”.

Na época, pior que os comentários maldosos, era ter que enfrentar o preconceito que estava dentro de si. “Às vezes, chegava na roda dos amigos e eu era a única gordinha e baixinha no meio deles. Não me aceitava. Fiz terapia, depois descobri que o problema estava em mim. Agora sei do meu valor e vou mostrar para as pessoas que os comentários estão errados”.

Na semana passada, ela realizou um ensaio sensual plus size com a fotógrafa Alexandra Rodi. As fotografias foram tiradas na chácara de uma amiga da modelo, que ficou satisfeita com o resultado. A sessão durou três horas e Pricielle se sentiu à vontade para posar como bem entender.

A fotógrafa contribuiu para o sucesso do ensaio e desde então o sorriso e a felicidade não saem do rosto de Pricielle. “As fotos ficaram lindas, estou apaixonadas por elas. Não tenho mais vergonha e nem sinto medo da reação das pessoas. Fortaleço meu amor próprio diariamente e o ensaio veio para começar um novo ciclo de aceitação. Quero mostrar isso para as pessoas ao meu redor”.

Agora, nessa nova fase, resta a modelo conseguir fazer com que as imagens tenham muito alcance e possam chegar até as pessoas que sofrem o mesmo tipo de preconceito que ela já sofreu. A ideia é servir de incentivo e empoderar cada vez mais mulheres. 

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563 (chame agora mesmo).

Com sorriso no rosto, Pricielle se sente realizada (Foto: Alexandra Rodi)Com sorriso no rosto, Pricielle se sente realizada (Foto: Alexandra Rodi)

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.