A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/03/2016 15:47

Bernal e Puccinelli não se falam e saem sem acordo de audiência judicial

Audiência aconteceu na tarde de hoje (8) no Juizado Especial em Campo Grande

Bianca Bianchi
Prefeito Alcides Bernal e ex-governador de MS, André Puccinelli, saem de audiência sem acordo (Foto: Bianca Bianchi)Prefeito Alcides Bernal e ex-governador de MS, André Puccinelli, saem de audiência sem acordo (Foto: Bianca Bianchi)

Terminou sem acordo audiência judicial entre o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e o ex-governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli (PMDB). Bernal move contra Puccinelli processo por calúnia e injúria desde março de 2014, quando o então governador o teria chamado de "ladrão" em um evento público. A audiência preliminar foi nesta terça-feira (08) no Juizado Especial da Capital.

De acordo com o advogado de Puccinelli, Luiz Cláudio Pereira, a audiência ocorreu tranquila e, como não houve acordo entre as partes, uma nova reunião, desta vez de instrução, foi marcada para o dia 23 de junho.

Alcides Bernal saiu da audiência sem falar com a imprensa. No encontro de hoje, André Puccinelli poderia se retratar, pedindo desculpas a Alcides Bernal, o que não aconteceu.

"O juiz vai me perguntar se tem conciliação, eu vou dizer que não porque eu não cometi crime nenhum. Ele (Bernal) está perdendo tempo de administrar, tinha que estar é tapando os buracos da cidade", disse André Puccinelli ao Campo Grande News antes da audiência, que começou com 23 minutos de atraso.

"Esse senhor precisa respeitar os outros. Ele é um irresponsável que se acha acima da lei", comentou Bernal também antes da audiência ter início.

Histórico – A briga judicial entre Puccinelli e Bernal teve início em 2013. Dez dias após a cassação do prefeito Alcides Bernal, em 13 de março, o então governador André Puccinelli teria dito em um evento público em Dourados, distante 228 km de Campo Grande, que Bernal era “ladrão” e “montou uma quadrilha para roubar a prefeitura”.

No dia 31 de março, Bernal teria apresentado uma queixa-crime que, a princípio, tramitava no STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas passou para o juizado especial de Campo Grande quando Puccinelli deixou de ser governador do Estado e perdeu foro privilegiado. A audiência de hoje estava marcada desde novembro do ano passado.

Ex-governador André Puccinelli aguardando audiência com Alcides Bernal (Foto: Bianca Bianchi)Ex-governador André Puccinelli aguardando audiência com Alcides Bernal (Foto: Bianca Bianchi)
Prefeito Alcides Bernal, enquanto aguardava audiência com André Puccinelli na tarde de hoje (8) (Foto: Bianca Bianchi)Prefeito Alcides Bernal, enquanto aguardava audiência com André Puccinelli na tarde de hoje (8) (Foto: Bianca Bianchi)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions