A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/08/2011 12:00

Com vereadores presos, Câmara dá posse a suplentes e elege novo presidente

Aline dos Santos
Câmara de Alcinópolis teve três vereadores presos. (Foto: Alcinópolis.Com)Câmara de Alcinópolis teve três vereadores presos. (Foto: Alcinópolis.Com)

A Câmara de Alcinópolis elegeu hoje o novo presidente e deu posse aos suplentes dos três parlamentares presos por suspeita de participação na execução do vereador Carlos Antônio Carneiro, morto em outubro do ano passado em Campo Grande. Ele era presidente da Casa de Leis.

Na sessão desta segunda-feira, foi dada posse a Mônica Cordeiro Alves (PR) e Dorisvaldo de Souza. O suplente Alcir Gonçalves Dias (PR) já havia sido empossado na última sexta-feira. Eles vão substituir Enio Queiroz (PR), Valter Roniz (PR), então presidente da Câmara, e Valdeci Lima (PSDB).

Com as prisões no dia 20 de julho, incluindo o prefeito Manoel Nunes da Silva (PR), o comando do legislativo municipal foi assumido de forma interina pelo parlamentar mais velho, no caso, Izamita Alves Leite (PMDB).

Sem disputa, o peemedebista Aluízio Pereira Martins foi eleito presidente hoje. A Mesa Diretora ainda será composta por Izabel de Souza Silveira (PSDB), no cargo de primeiro secretário, e Milton de Jesus Oliveira (PMDB), como vice-presidente. O vereador Jacson Martins França (PR) foi mantido à frente da 2ª secretaria.

De acordo com o novo presidente, a Câmara não pode abrir processo de cassação contras os vereadores presos porque eles não foram indiciados e, como o processo corre sob sigilo, não se sabe que acusação pesa contra os parlamentares.

Ainda conforme Aluízio Pereira, os vereadores o pagamento de salário foi suspenso desde a prisão. “A nossa Lei Orgânica do Município prevê que quem for afastado do cargo por motivo de prisão não recebe pagamento”, explica. A Câmara de Alcinópolis é composta por nove vereadores.

A prefeitura foi assumida pelo vice-prefeito Alcino Carneiro, pai do vereador morto. Ao todo, seis pessoas foram presas na cidade no mês passado. Continuam presos em Campo Grande o prefeito e os vereadores afastados.

A justiça já concedeu liberdade ao comerciante Ademir Luiz Muller e a funcionária da prefeitura Jurdete Marques de Brito. Desde o ano passado três homens respondem na justiça pelo crime: Irineu Maciel, Valdemir Vansan e Aparecido Souza Fernandes.

Justiça manda soltar acusados de envolvimento na morte de vereador
O TJ/MS (Tribunal de Justiça) concedeu liberdade a dois presos por suposto envolvimento na morte do então presidente da Câmara de Alcinópolis, veread...
Após prisões, Câmara de Alcinópolis retoma trabalho à espera de suplentes
Com três vereadores presos, a Câmara Municipal de Alcinópolis retornou hoje do recesso com a presença de seis parlamentares. De acordo com a presiden...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions