A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

17/03/2008 17:19

Empate deixa Ari Artuzi "nas mãos" de presidente do TRE

Redação

Após empate no julgamento, com três votos contra e três favoráveis, está nas mãos do presidente do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), desembargador Oswaldo Rodrigues de Melo, a decisão sobre o futuro do deputado estadual Ari Artuzi, que trocou o PMDB pelo PDT. No dia 11, o juiz Júlio Roberto Siqueira Cardoso havia pedido vistas do processo. Hoje, ele emitiu seu voto, opinando pela cassação do parlamentar. Na mesma sessão, o advogado André Borges, que compõe o Pleno do TRE, votou pela inocência de Artuzi. Com isso, foi provocada decisão a partir do Voto de Minerva.

Também votaram pela cassação os juízes Dalton Kita Conrado e José Paulo Cinotti. Em seu voto, o juiz Cardoso considerou que não houve discriminação ou preconceito contra o deputado, que, mesmo sendo alvo de comentários ou provocações de integrantes do PMDB, chegou a pedir a ajuda do governador André Puccinelli

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions