A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/03/2013 22:12

Justiça cassa o prefeito e o vice de Jardim por compra de votos

Decisão foi da 22ª Zona Eleitoral. Nova eleição para escolher prefeito na cidade pode ser convocada em breve

Nyelder Rodrigues
Prefeito de Jardim pode ficar inelegível por oito anos (Foto: Arquivo)Prefeito de Jardim pode ficar inelegível por oito anos (Foto: Arquivo)

O prefeito de Jardim, Marcelo Henrique de Mello, e o vice Erney Cunha Bazzano Barbosa (ambos do PDT), tiveram os mandatos cassados por decisão da juíza Penélope Mota Calarge, da 22ª Zona Eleitoral.

Ela julgou parcialmente procedente o pedido que aponta que Marcelo Henrique, conhecido como Dr. Marcelo, comprou votos durante a campanha eleitoral em outubro do ano passado. Além disso, ele foi considerado inelegível por oito anos.

Alguns destes casos foram registrados na polícia, e pelo menos cinco pessoas chegaram a ser presas por crime eleitoral. Na época, Marcelo negou todas as acusações e o envolvimento de aliados políticos nesses crimes.

De acordo com a decisão do juíza Penélope, o Marcelo e Erney devem ter os diplomas de prefeito e vice-prefeito cassados, e terão que pagar uma multa de R$ 21 mil cada um, conforme os autos, devido a “gravidade da conduta e a condição econômica do ofensor”.

Em um mercado da cidade, teria sido encontrado na época pela polícia série documentos com nomes e dados de pessoas. O dono do mercado, Rubens Borges Vaez, também foi condenado a pagar multa de R$ 5,3 mil.

A decisão deve ser publicada no Diário Oficial da Justiça desta sexta-feira (22), e ainda pede que seja comunicado imediatamente o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) para que seja realizada nova eleição para prefeito em Jardim.

Marcelo Henrique de Mello e Erney Cunha ainda podem recorrer da decisão em outras instâncias, como o TRE-MS, TSE e, em último caso, o STF.

Quatro pessoas são suspeitas por compra de votos em Jardim
Quatro pessoas são suspeitas de compra de votos no município de Jardim, a 233 quilômetros de Campo Grande. O mandado de busca e apreensão foi expedid...
Polícia Civil prende um por compra de voto em Jardim
Thiago Willian Santos de Oliveira, 30 anos, foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (4) acusado de compra de votos no município de Jardim,...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions