A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

04/02/2016 13:17

Na primeira sessão do ano, vereadores derrubam dois vetos de Bernal

Os parlamentares ainda vão analisar, pelo menos, mais 5 vetos

Mayara Bueno e Antonio Marques
Câmara Municipal de Campo Grande. (Foto: Fernando Antunes)Câmara Municipal de Campo Grande. (Foto: Fernando Antunes)

Os vereadores de Campo Grande derrubaram dois vetos do prefeito Alcides Bernal (PP), na primeira sessão de 2016 na casa de leis, que aconteceu nesta quinta-feira (4). Na terça-feira, houve somente a sessão solene de inauguração.

Um dos vetos refere-se ao projeto de lei que isenta moradores do distrito de Anhanduí, há 50 quilômetros de Campo Grande, do pagamento do pedágio.

A justificativa de Bernal cita que o legislativo municipal não pode legislar em matéria tributária. No entanto, o autor da lei, vereador Marcos Alex (PT), afirmou que existe jurisprudência do STF afirmando que a Câmara tem legitimidade para atuar nestes casos.

Para ele, a isenção pouco prejudicará o Executivo Municipal, uma vez que a Prefeitura deve receber, por parte da empresa concessionária da rodovia, impostos que somam R$ 7 milhões. O não pagamento do pedágio, por sua vez, soma R$ 21 mil.

O segundo veto derrubado, de autoria da ex-vereadora Thaís Helena (PT) e Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), trata da reserva de vagas de trabalho para adolescentes em conflito com a lei, que cumprem medidas socioeducativas. Neste caso, a contratação será feita para empresas vencedoras de licitação pública na cidade.

A derrubada dos vetos acontece em meio a discurso de “paz e harmonia” entre o poder legislativo e executivo. Há, ainda, pelo menos cinco vetos de Bernal para os parlamentares analisarem.

Os vereadores derrubaram o veto de isenção por unanimidade, enquanto no segundo projeto, apenas a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) votou pela manutenção.

Com a derrubada, os projetos de leis passam a valer, bastando, se for o caso, a regulamentação.

Análise de vetos coloca à prova paz entre Bernal e Câmara
Paz e amor? – Apesar de discursos pautados pelo tom de paz e harmonia entre os poderes na manhã de ontem, durante sessão de reabertura dos trabalhos,...
Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions