A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/04/2014 12:25

Olarte nega crise com PMDB e colocará secretaria em local provisório

Kleber Clajus
Prefeito assumiu ações da Secretaria da Mulher enquanto não fecha com PMDB titular para a pasta (Foto: Cleber Gellio)Prefeito assumiu ações da Secretaria da Mulher enquanto não fecha com PMDB titular para a pasta (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), disse nesta sexta-feira (11) que o impasse com o PMDB, para nomeação de titular da Secretaria Municipal da Mulher, não constitui uma crise. Ele também admitiu que assina as ações da pasta, que deve ser instalada em local provisório a exemplo da Secretaria da Juventude.

“Está havendo diálogo bastante amplo e, se eles aceitarem, vamos construir um nome dentro do perfil técnico. Não há crise”, garantiu o prefeito durante assinatura de convênio com 36 entidades de assistência social, na Câmara Municipal.

A ausência de nome na pasta, segundo Olarte, não é problema para a continuidade das ações que têm sido tomadas por ele mesmo. Ele ressaltou que os altos índices de violência contra a mulher não dever ser olhados como “estatística, mas com sentimento” de proteção.

Quanto ao espaço físico para a secretaria, esta também será instalada em local provisório. A medida já foi adotada no caso da pasta de Juventude, que funciona temporariamente em imóvel na Rua Manuel Tomé, nº 143, desde 1º de abril.

Um local definitivo deve ser disponibilizado com a construção da Casa da Mulher Brasileira, no Jardim Imá, que também contará com delegacia 24 horas e investimento federal de R$ 3,4 milhões.

Cobrança – A vereadora e presidente do diretório municipal do PMDB, Carla Stephanini, vinha cobrando novo diálogo entre o prefeito e o partido para definir uma indicação para a Secretaria da Mulher.

“Ainda não indicamos nenhum nome e não vou me antecipar quanto a isso, pois cabe a ele [Olarte] concluir o encaminhamento que deu quando recuou da indicação do PMDB para a SAS (Secretaria de Assistência Social)”, declarou Stephanini nesta semana.



SINCERAMENTE, ACHO QUE NÓS CAMPOGRANDENSES MERECEMOS NOVAS ELEIÇÕES PARA PREFEITO! MUITO TRALÁLA E TROLÓLO, MAS OS PROBLEMAS NAS PERIFERIAS DA CAPITAL CONTINUAM OS MESMOS!
 
MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LOPES em 11/04/2014 14:33:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions