ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 25º

Política

Prefeitura pede ajuda para recuperar estragos e anuncia doação de R$ 150 mil

Valor representa metade do estimado para consertar casas destelhadas na semana passada

Por Nyelder Rodrigues e Adriel Mattos | 18/10/2021 11:16
Prefeito anuncia que primeiro escalão do Executivo vai doar R$ 100 mil para consertar estragos causados pela tempestade. (Foto: Henrique Kawaminami)
Prefeito anuncia que primeiro escalão do Executivo vai doar R$ 100 mil para consertar estragos causados pela tempestade. (Foto: Henrique Kawaminami)

A Prefeitura de Campo Grande fez um apelo a empresários pedindo doações e empréstimo de equipamentos para auxiliar na recuperação dos estragos causados pelas tempestades que atingiram a cidade entre quinta-feira (14) e sexta-feira (16). Além disso, foi anunciado uma doação de R$ 150 mil para realizar os trabalhos.

Levantamento feito pela prefeitura aponta que ao menos 624 quedas de árvores e galhos de grande porte foram registrados durante esses dois dias na cidade, além de outras ocorrências como destelhamentos. Apenas para tal serviço serão necessários R$ 300 mil, sendo que metade já foi arrecadado, explica o prefeito.

Durante coletiva de imprensa feita nesta manhã no Paço Municipal, Marquinhos Trad (PSD) revelou que ele, a vice-prefeita Adriane Lopes (Patri), todos os secretários, adjuntos e demais membros do primeiro escalão vão doar R$ 100 mil.

"É um dinheiro que será investido na aquisição imediata de objetos. Vamos fazer juntar esse valor e doar para auxiliar na recuperação", explica Marquinhos, afirmando ainda que um empresário, que preferiu não se identificar, já doou R$ 50 mil.

Rudi Fiorese, secretário de Infraestrutura, também fez apelo pedindo por auxílio de empresas na recuperação pós-tempestade. (Foto: Henrique Kawaminami)
Rudi Fiorese, secretário de Infraestrutura, também fez apelo pedindo por auxílio de empresas na recuperação pós-tempestade. (Foto: Henrique Kawaminami)

Para apenas refazer a cobertura das casas, são necessárias 2,7 mil telhas. "Precisam ser telhas de qualidade. Quem quiser doar, pode procurar a prefeitura, se identificando ou não, que nós vamos receber tudo o que puder", frisa Trad.

"Pedimos ajuda a todos que puderem ajudar. Quem não puder, que vendam a preço de custo ou a um preço menor para que não tenhamos prejuízos", reforçou o prefeito durante o apelo feito na coletiva realizada nesta manhã no Paço Municipal.

Outro que fez apelo semelhante, foi o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fioresi. "Se alguém puder ajudar, nem que seja emprestando uma pá carregadeira, entre em contato com a Sisep, que vamos até ele. Dificilmente não tem uma rua ainda com galhos para recolher", indica.

Além da Central 156, os interessados em ajudar a cidade a se recuperar dos estragos da tempestade podem entrar em contato pelos telefones 3316-3600 (empresários que quiserem emprestar máquinas), 3316-3900 (empresários que quiserem doar materiais) e 3314-4482 ramal 6008 (doações de alimentos, colchões, roupas, etc).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário