A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/08/2013 16:40

Primeiro processo contra Bernal pode sair antes do fim da CPI do Calote

Zemil Rocha
Presidente comunicará a Câmara amanhã sobre pedido de cassação (Foto: Arquivo)Presidente comunicará a Câmara amanhã sobre pedido de cassação (Foto: Arquivo)

O primeiro processo de cassação contra o prefeito Alcides Bernal (PP) pode nascer antes de a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Calote. O presidente da Câmara de Campo Grande, vereador Mario Cesar (PMDB), informou, esta tarde, que amanhã vai dar conhecimento à Casa sobre o pedido de abertura de processo contra Bernal protocolado pouco antes do recesso parlamentar de julho por Milena Trombine Saliba e Youssef Saliba, donos de uma área na Via Parque que não pode ser vendida por causa da negativa do prefeito de conceder a inscrição imobiliária.

Mesmo havendo um parecer jurídico do procurador-geral do Município, Luiz Carlos Santini, pela ativação da inscrição imobiliária do terreno subsistente, de 6.566 metros quadrados, e pedidos oficiais de liberação, Bernal sentou em cima do processo, impedindo que os donos da área efetivem a venda do imóvel a uma empresa nacional de renome, o Grupo Pão de Açúcar.

“Já determinei à Procuradoria Jurídica da Câmara para olhar o pleito e, amanhã, durante a sessão, vamos dar conhecimento ao plenário da Câmara”, informou Mario Cesar. Indagado sobre o parecer, o presidente disse que a conclusão lhe será apresentada também nesta terça-feira. “Espero que antes da sessão”, afirmou.

Para a construção da Via Park foram desapropriados vários imóveis entre os quais o de Milena Saliba, próximo ao prédio da Plaenge. A desapropriação incidiu sobre um pedaço para contemplar a avenida. Originalmente, o terreno tinha 6.976 metros quadrados. Com a intervenção da prefeitura, no lugar dele sugiram dois novos imóveis: lote NM, com área de 410,7 m2, matriculado sob o nº 225.221 da 1ª Circunscrição do Registro Imobiliário, desapropriado nos termos do decreto municipal nº 12.089, de 31 de dezembro de 2012; e lote MT (remanescente), objeto da matrícula 225.220 da 1ª CRI, com área de 6.566,12 m2, que continuou de propriedade de Milena e Youssef Saliba.

Embora já instado várias vezes, inclusive por ofício, a liberar a inscrição imobiliária da área restante, o prefeito Alcides Bernal permaneceu inerte. A situação prejudica o casal Saliba e também a própria prefeitura, que estaria deixando de arrecadar cerca de R$ 18 mil em IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). “A Prefeitura lançou IPTU na inscrição antiga, que já está cancelada, e isso atrapalha a arrecadação do Município. Os proprietários não vão pagar imposto sobre imóvel que não mais existe”, informou o advogado de Milena Saliba, Joseph Georges Sleinan.

CPI do Calote – Na opinião do presidente da Câmara de Campo Grande, se não houve fato novo, a CPI do Calote deve encerrar seu relatório até o final deste mês de agosto. “Se não aparecer fato novo, acredito que nesse mês ela termine”, declarou o peemedebista.

Mario Cesar lembra que nestes pouco mais de 50 dias da CPI do Calote as investigações já se ampliaram bastante. “A cada mexida na CPI surge um fato novo e não dá para fazer coisas seccionadas. Aí bre leque muito grande de informações, com novas diligências e investigações”, explicou o dirigente. A CPI tem 90 dias para concluir seus trabalhos, prazo, porém, que pode ser estendido por mais 90 dias se houve pedido de prorrogação.

Com o relatório em mãos, o que acredita esteja pronto até o final deste mês, o presidente da Câmara vai apresentá-lo ao plenário. Questionado se for pedida a criação de uma Comissão Processante contra Bernal, Mario Cesar respondeu: “Aí coloco em votação, sou obrigado a fazer isso, não tem como fugir a essa regra”.

 

 

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


TUDO ISSO QUE ESTA ACONTECENDO E UMA GRANDE VERGONHA PARA NOSSO MUNICÍPIO EM CADEIA NACIONAL. ESSES NOSSOS VEREADORES NÃO ESTÃO CONFORMADO COM O ATUAL PREFEITO, PORQUE SERA?
 
fabio de melo em 06/08/2013 09:44:44
Sr. Mário Cezar eu votei em você e estou envergonhado plenamente com sua atitude perseguindo desta forma nosso prefeito eleito pelo povo. Se ele foi eleito em forma de protesto ou não o voto foi da maioria dos eleitores e ele não pediu e nem trocou gasolina por voto com nenhum eleitor. Santa paciência!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Ito Ribeiro Malta em 06/08/2013 09:43:56
DEMOROU... FORA BERNAL!!!
 
Ricardo Sadyama em 06/08/2013 09:09:18
quem esse tal de MARIO CESSAR E PRA PEDIR A CASAÇÃO DE ALGUÉM,PRIMEIRO ELE TEM E QUE SE PREOCUPAR COM O SEU MANDATO,QUE SÓ ESTA LA POR UMA LIMINAR SABE LA COMO FOI CONSEGUIDA,PRA DEPOIS QUERER FALAR EM CAÇAR ALGUÉM .
 
Agnaldo Silva em 06/08/2013 09:08:29
É o fim da picada um cara desse, já cassado, falando em cassar o prefeito que o povo elegeu sem pedir gasolina. Deixa os que perante a Deus se elegeram por vontade popular, analisar alguma coisa.
 
luiz alves em 06/08/2013 07:26:15
Será que a vontade do povo não vale mais nada? Ele foi eleito pelo povo e não pelos vereadores!!! Só quem pode tirar ele de lá e o povo. Então, caríssimos vereadores. Vão trabalhar!!!!!
 
Pedro Enrique em 06/08/2013 01:05:55
Com certeza não é somente este caso que está parado no gabinete do "prefeito" BERNAL que somente falta assinatura/ despacho do mesmo, inclusive com parecer favorável da Procuradoria do Município de Campo Grande. Empresários e demais cidadãos campo-grandense estão sendo prejudicados pela ineficiência e incompetência do nosso Executivo Municipal. Acreditamos na Câmara Municipal para tomar as providências necessárias para que nossa cidade não fique refém deste prefeito que em sete meses, provou que não tem capacidade nenhuma de gestão.
 
Dirce Leite em 06/08/2013 00:53:55
Mario CESAR você é que tem que sair porque já está cassado!
 
clodoaldo lemes de souza em 05/08/2013 20:47:33
Como assim o prefeito lançou o IPTU na inscrição antiga, se o ultimo lançamento foi feito pela equipe do Nelsinho.
 
MARCO ANTONIO DE OLIVEIRA em 05/08/2013 19:41:52
Eita caso mal contado! Pelos nomes são "brimos". Aí tem mais coisa do que a simples instalação do Supermercado. Vamos aguardar...
 
Olavo Nunes em 05/08/2013 19:19:55
Cade o moral da Câmara de vereadores e principalmente seu presidente Mario Cezar (PMDB)que esta sendo processado para ser cassado o seu mandato , com que moral falam em cassar o nosso prefeito Bernal ???????????????????????????????????
 
zenobio veiga da silva em 05/08/2013 19:00:24
SÓ UMA PERGUNTA OU DUAS. PRIMEIRO TEM VEREADOR COM MORAL PRA ISSO. SEGUNDA A QUE INTERESSA ESSE CIRCO?.
 
lourenno arrudadda santiago em 05/08/2013 18:23:57
para o mario caçar alguem, primeiro ele terá que resolver o problema com a justiça
 
adrielle pereira em 05/08/2013 17:30:16
Não tem que desacelerar se aparecer fato novo, a não ser que o fato de novos horizontes à CPI, o que não vai acontecer, fato novo deixa pra julgar depois que ele já tiver saído, aí vamos processar como cidadão comum e o meninão puxa uma caninha de um ano e pronto.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 05/08/2013 17:27:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions