A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

20/07/2019 07:47

Reinaldo participa do lançamento de licitação de ponte no Paraguai

Solenidade será na cidade de Carmelo Peralta e terá a presença do presidente do Paraguai, Mário Abdo Benitez

Leonardo Rocha
Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) cumpre agenda hoje no Paraguai (Foto: Arquivo)Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) cumpre agenda hoje no Paraguai (Foto: Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participa hoje (20), a partir das 8h, da assinatura do lançamento da licitação, da obra da ponte sobre o Rio Paraguai, que vai ligar a cidade de Porto Murtinho ao país vizinho. O evento ocorre na cidade de Carmelo Peralta, no Paraguai.

Ele estará acompanhado pelo secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento, Jaime Verruck, assim como o senador Nelsinho Trad (PSD) e o deputado federal Vander Loubet (PT). O ex-ministro Carlos Marun também vai participar do evento, já que participou da elaboração do projeto em comum entre Brasil e Paraguai.

A obra será custeada pela Itaipu Paraguai, tanto que a solenidade de lançamento da licitação, terá a participação do presidente Mário Abdo Benitez, que além de participar da solenidade, ainda vai vistoriar a pavimentação da rodovia, que faz parte do planejamento da rota bioceânica.

Esta obra representa para o governo estadual um passo essencial para a implantação da rota bioceânica, que tem a intenção de diminuir a distância, tempo e gastos com transporte de cargas para os países asiáticos, por meio do Oceano Pacífico.

O projeto tem previsão de custo de R$ 75 milhões e a expectativa é que a ponte esteja pronta até maio de 2022. Além da ponte em Porto Murtinho, a Itaipu ainda vai construir outra entre Foz do Iguaçu (PR) e Presidente Franco (Paraguai), também orçada em US$ 75 milhões.

Localização - Em Mato Grosso do Sul, a ponte será construída a à direita da zona urbana de Murtinho, a uma distância de 12 quilômetros da cidade brasileira e a 3,5 quilômetros de Carmelo Peralta. O acesso brasileiro demandará a construção de uma alça viária, a partir da BR-267, que liga a cidade ao restante do país.

Ela terá 680 metros, 12 metros de largura e uma passagem lateral para pedestres. O vão principal terá 380 metros, com mais 150 metros entre cada pilar e a margem mais próxima. Cada estrutura do tipo terá 95 metros.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions