A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

04/04/2018 19:47

Sindicatos se mobilizam para garantir que abono integre salários do ano que vem

Adriano Fernandes e Kleber Clajus
Deputados durante audiência, desta quarta-feira (04). (Foto: Victor Chileno)Deputados durante audiência, desta quarta-feira (04). (Foto: Victor Chileno)

Representantes dos funcionários administrativos da educação no Estado, estiveram nesta quarta-feira (04) na Assembléia Legislativa, cobrando que o o abono salarial do ano de 2016, seja incorporado e de forma integral, apenas em maio do ano que vem nos salário dos servidores.

A reivindicação ocorreu depois da aprovação do projeto de lei que assegura apenas o reajuste de 3,04 %, reatroativo a 1º de abril. A pauta foi discutida e aprovada hoje em sessão, mas anteriormente teve de ser suspensa justamente para que os deputado debatessem a incorporação do abono de R$ 200 nos salários dos funcionários administrativos.

A oposição do governo na Assembléia quer o acréscimo imediato, o que forçaria a edição de uma emenda para mudar o texto original. 

“Só existe uma alternativa para contornar esta questão. O governo encaminhar um projeto de lei modificado amanhã com o texto da emenda e nós abrimos mão de todos os prazos e votamos em primeira e segunda discução para atender ao interesse dos servidores”, comentou o presidente da casa, Junior Mochi (MDB).

Os sindicalistas conversaram com representantes do Governo. A base aliada a Reinaldo Azambuja (PSDB) também pede que a medida passe a valer somente em 2019. “Se a imenda for no mesmo teor, não teremos problema. O governo já poderia ter encaminhado assim”, pontuou o lider do PT na Assembléia, deputado João Grandão.

Salários - Esse benefício envolve somente essa categoria porque a maioria dos seus membros recebe menos que um salário mínimo. Todos os meses, o governo tem que injetar dinheiro na folha para que eles recebam pelo menos o piso nacional.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions