ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 26º

Política

STF forma maioria para tornar réus mais 245 denunciados por invasões em Brasília

Julgamento encerra às 23h59 desta segunda-feira (15); ao todo, corte já tornou réus 550 denunciados

Silvia Frias | 15/05/2023 12:25
Invasões e depredações aconteceram no dia 8 de janeiro, em Brasília. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Invasões e depredações aconteceram no dia 8 de janeiro, em Brasília. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria de votos para tornar réus mais 245 denunciados por executarem ou incitarem as invasões ocorridas em Brasília no dia 8 de janeiro. Quando o resultado for formalizado, já serão 795 pessoas acusadas por envolvimento nos atos, entre eles, pelo menos dez sul-mato-grossenses.

Inicialmente, o Supremo julgava neste lote 250 denúncias, mas, por problemas técnicos no plenário virtual, cinco casos foram retirados de análise e serão retomados futuramente.

Nesta quarta leva, constavam os nomes de cinco nascidos e/ou residentes em Mato Grosso do Sul: laine Ferreira Gonçalves, de 43 anos, Joci Conegones Pereira, 52, José Paulo Alfonso Barros, 46, Maria Aparecida Barbosa Feitosa, 47, e Ricardo Moura Chicrala, 33. Como cinco nomes foram retirados, nem todos podem ter sido acusados neste bloco.

A partir da 0h desta terça, o STF também começa a julgar, em plenário virtual, outras 250 denúncias. Será o quinto bloco de acusados a entrar em julgamento.

Embora cada sessão analise um conjunto de denúncias, os ministros avaliam a situação dos denunciados individualmente, caso a caso.

Se as denúncias forem recebidas, os acusados passam a responder a uma ação penal na Corte, em que poderão apresentar defesas e provas no curso do processo.

O Supremo já tornou réus 550 denunciados pela PGR (Procuradoria-Geral da República) nos inquéritos do 8 de janeiro.

Invasão
- No dia 8 de janeiro, manifestantes vestidos de verde e amarelo estavam acampados diante do quartel-general do Exército, em Brasília, e foram para a Esplanada dos Ministérios. Invadiram e vandalizaram o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o STF. Ao todo, a PGR ofereceu 1.290 denúncias contra investigados pelas invasões.

Nos siga no Google Notícias