A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/12/2013 17:12

Tribunal salvou Bernal neste ano e novo julgamento só em 2014, diz Edil

Josemil Arruda
Edil explica que julgamento vai continuar de onde parou (Foto: arquivo)Edil explica que julgamento vai continuar de onde parou (Foto: arquivo)

Pelo menos neste ano, o Tribunal de Justiça do Estado, através das decisões liminares do seu vice-presidente, desembargador João Batista da Costa Marques, salvou o mandato do prefeito Alcides Bernal (PP). O presidente da Comissão Processante da Câmara de Campo Grande, vereador Edil Albuquerque (PMDB), garante que neste ano não haverá mais possibilidade de se retomar o julgamento de Bernal.

“Esse ano não tem mais jeito, se não vamos cair no mesmo plantão”, afirmou Edil, referindo-se aos plantonistas João Batista da Costa Marques e Tânia Garcia. “E aí poderíamos causar constrangimento para um ou para o outro. Esse plantão vai até o dia 5, se não me engano”, argumentou.

Apesar de acreditar que a retomada do julgamento de Bernal fique só para 2014, Edil Albuquerque não descarta a possibilidade de haver alguma mudança no Tribunal de Justiça. “O presidente do Tribunal, Joenildo, parece que está chegando hoje para tomar pé dessa situação. Ele faz parte do plantão também”, apontou.

Golpe jurídico – O vereador Edil Albuquerque considera que acabou acontecendo ontem, em vez do “golpe político” propalado pelo prefeito Alcides Bernal (PP), um “golpe jurídico”, já que há suspeição em relação ao vice-presidente João Batista da Costa Marques.

“Tem aí o possível envolvimento dele na nomeação do filho na Prefeitura e o fato de mexer no sistema do Tribunal de Justiça, inclusive com a colega dele não conseguindo ter acesso”, criticou o peemedebista.

Para Edil, o desembargador João Batista não poderia ter mexido no sistema do Tribunal de Justiça e contestado a colega Tânia Garcia, que estava junto com ele nos plantões. “E numa rapidez de the flash”, sublinhou.

A Comissão Processante, a Mesa da Câmara e assessores jurídicos, segundo Edil, estão estudando as medidas cabíveis. O presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB), anunciou que vai denunciar a suspeição de Marques ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Tribunal de Justiça (TJMS).

Nas palavras de Edil, contudo, há um sentimento de grande insatisfação pela impossibilidade de concluir o julgamento político do prefeito Alcides Bernal. “Hoje é o dia de lamber a ferida”, declarou o vereador. “Mas já estamos trabalhando, fazendo contatos, lendo. Não estamos dormindo, não.. Para quem não teve Natal , o Ano Novo pouco importa”, acrescentou.

Continuidade da sessão – O presidente da Comissão Processante acredita que a sessão extraordinária de julgamento do prefeito Bernal só deve ser retomada em janeiro, quando o Tribunal de Justiça voltar à atividade normal. “Em janeiro a gente retoma com certeza”, garantiu.

Indagado se haverá necessidade de começar do zero, inclusive na leitura do relatório final da Comissão Processante, Edil respondeu: “Recomeça de onde parou, na folha 97, indo até a folha 107”.



E todo povo calado. Embora esse bernal tenha tido uma expressiva votação no ultimo pleito não são poucos os que se arrependem de terem votado para ele. Isso tudo que vem acontecendo é uma pouca vergonha, vereadores que mudam de lado através de favores, "barganham" sua dignidade, sua posição e envergonham cada vez mais os políticos que já estão desacreditados, mais ainda. Só temos uma solução, nas próximas eleições não votar para nem um dos que aí estão, seja para vereador, deputado ou o que quer que seja. Vamos trabalhar ferrenhamente pelo voto NULO. Vergonhoso para Campo Grande.
 
azizi sassine em 28/12/2013 11:02:16
O DESEMBARGADOR JOAO BATISTA TEM SE SOCORRER DO JUDICIÁRIO E PROCESSAR CRIMINALMENTE EDIL ALBUQUERQUE E MARIO CESAR, POR CALÚNIA. SÃO DECLARAÇÕES PESSOAIS.
 
Flávio Cesar Luxemburgo em 28/12/2013 10:59:38
Queria começar o ano novo com as bufas cheias de dinheiro né
 
Roberto Domingos em 28/12/2013 10:47:11
vereador Edil, será que você já esqueceu que quem lhe elegeu foi a população de Campo Grande, mostre os projetos feitos por você em 2013, ou não houve tempo? lembre-se que um mandato e apenas de 4 anos. povo de Campo Grande acorda.
 
maria cerqueira em 28/12/2013 10:29:24
A parranda comandada pelo Pilungo esta inconformada com mais uma derrota!.........kkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Jose Roque Leite em 28/12/2013 09:26:54
É difícil creditar que um Homem - com H maiúsculo, mesmo! - como o Cidadão Edil Albuquerque esteja a serviço de interesses de um "líder" derrotado legitimamente nas Urnas... Conheço-o muito bem e tenho certeza que esta atitude antidemocrática que abraçou não condiz com o seu caráter, quer profissional ou como honrado pai de família.
Seu comprometimento com "o líder" transformou-se numa cega obsessão para subtrair, a qualquer custo e, de forma torpe e imoral, o direito obtido pelo voto popular ganho pelo Prefeito da Capital.
Edil, ainda há tempo para refletir, resgatar a sua louvável Biografia e pular fora deste conluio, cujo golpe, com certeza, entrará para a nossa história como fruto de um jogo sujo e rasteiro de uma horda ensandecida, tendo você como Presidente... Abraços.
 
Paulo Chappel em 27/12/2013 23:53:35
Por falar em rapidez de The Flash é importante mencionar que o relatório final da CP aconteceu superando todas as expectativas de rapidez, tudo indica que já estava pronto, só aguardando a defesa escrita, para publicar. Quanto a nomeação tão alardeada, a informação não é exatamente o que dizem, basta checar os fatos.
 
Daniel Sanches em 27/12/2013 21:48:48
Tá na hora dos senhores vereadores começarem a trabalhar. Não fizeram nada durante um ano todo. O melhor mesmo seria devolver o polpudo salário mensal que recebem. Se nada fizeram, nada lhes cabe como remuneração. CHEGA DE PALHAÇADA.
 
Alberto Gaspar em 27/12/2013 21:36:54
Va trabalhar pela cidade em 2014,coisa que o senhor nao faz a mto tempo como vice prefeito que foi....faça-me o favor...trabalhe pra justificar teu alto salario
 
EDSON SANTOS em 27/12/2013 21:14:03
Edil, mostra seu serviço para os seus eleitores para com essa palhaçada de querer cassar o Bernal. Tem alguma coisa por traz disso nesse seu interesse em cassa-lo. A gestão passada foi mil maravilhas né.
 
Carlos José em 27/12/2013 21:05:05
Para 2014 o que fica é o RECADO da maioria da população de Campo Grande: RESPEITEM O NOSSO VOTO !!!!!!!
 
Aldo Oliveira em 27/12/2013 20:17:11
Essa bronca desses vereadores, já está dando nojo em lombrigas.
 
Valter Oliveira em 27/12/2013 19:46:48
TODOS LADRÕES, NA NOVELA DA CASSAÇÃO...
ANO QUE VEM VIDA NOVA AOS BANDIDOS, QUE ANTES ERAM INIMIGOS, ANO QUE VEM SERÃO COMPADRES, O AGORA AMEDONTRADO, LOUCO, QUE DIGA DE PASSAGEM SOBREVIVEU NA SORTE E PELA PRESSA DOS ADVERSÁRIOS, QUE POR VARIAS VEZES SE TIVESSE UM POUCO MAIS DE PASCIENCIA TERIA PEGO, NA CORRUPÇÃO QUE A PF DESVENDOU COM FUNDOS DE PENSÃO, QUE POR MUITO POUCO O TRANSLOUCADO NÃO CAIU.
TUDO TEM UM PREÇO, ATÉ PARECE O UM CIRCO SUJO DE CORRUPTOS, ONDE SE DESCOBRE QUE O FILHO DO DESEMBARGADO FOI NOMEADO PELO QUASE CASSADO. E DAI NO PAIS DE HIPOCRITAS, DE UMA POPULAÇÃO DEMAGOGOA.
O CIRCO SE REPETE DESDE O IMPÉRIO.
TODOA O CIRCO, ATÉ A IMPRENSA CORRUPTA QUE MOSTRA SÓ QUE O BANDO QUER...
BEMA...DOIS MIL E QUATOR TEM MAIS EM NIVEL ESTADUAL...
 
MARCELO MATOS em 27/12/2013 19:20:22
com filho de desembargador empregado pelo prefeito parece troca de favor e a justiça esta desacreditada, resta confiar só em Deus porque a justiça do homem mostra mais uma vez que é falha e injusta.
 
PAULO EVANGELISTA SARAIVA em 27/12/2013 19:02:30
acho isso uma falta de vergonha p nosso estado esses vereadores estao brigando c o prefeito como se todos eles fossem dignos de cobrar algo sendo q se forem investigar o mandato deles seriam tambem cassado em vez de se unirem para ajudar a populaçao campogrndensse ficam brigando a toa mas eles esquecem que o povo nao est sendo respeitado e é na urna q vamos dar a resposta para esses vereadores q nao tem o q fazer
 
alessandra vera em 27/12/2013 19:02:16
Considerando o Desembargador suspeito por esse motivo; poderíamos considerar todos os vereadores que tem parentes na prefeitura como suspeitos para votar algo?! Tanto nesta gestão, como nas passadas?!
 
Marco Antonio em 27/12/2013 18:38:55
Sem dúvidas, "ele se vê triste na impossibilidade de extirpar o mandato" do prefeito ainda neste ano " e não vê a hora de entrar em 2014 para cassa-lo". Meu Deus, qualquer um com pouco estudo consegue enxergar além desta palhaçada maquiagem e vislumbrar o maior golpe político de campo grande. Estou envergonhado com tantas autoridades vendo esta baderna e não fazendo nada! E ainda querem misturar nomeação de 2007 (diga-se no mandato anterior) com decisões de liminares.
 
Levi Carneiro em 27/12/2013 18:19:20
NÃO SOU JUIZ,NEM TÃO POUCO VEREADOR.MAIS EU VOTEI NO CARA.01 ANO SE PASSOU E CAMPO GRANDE CONTINUA SEM OBRAS...."BERNAL,ANDE PELA CIDADE E VEJA AS OBRAS QUE PRECISAM SER FEITAS",E VE SE COMEÇA A DAR SEGUIMENTO NO QUE ESTAVA SENDO FEITO PELOS 2 PREFEITOS ANTERIORES.8 ANOS ANOS FOI POUCO PARA ANDRÉ E NELSINHO,TEM MUITA COISA AINDA POR FAZER.BERNAL PARE DE FICAR COM LERO-LERO,E ARREMANGA AS MANGAS,E FAÇA COM ANDRÉ PUCCINELI,QUE IA AOS POSTOS DE SAUDE Á NOITE DE FRAGANTE VER OS ATENDIMENTOS. ACOMPANHAR AS OBRAS EM SEUS CANTEIROS..EI CARA VAMOS TRABALHAR OU DÊ AO SEU VICE ESTA CHANCE,QUEM SABE ELE IRÁ FAZER MELHOR QUE VC!!!
 
ALDEMAR ALFREDO em 27/12/2013 18:07:54
O vereador Edil deve estar muito triste. O Banco Rural faliu; Perdeu a eleição para Prefeito ( considero o Giroto bom candidato); Não conseguiu até aqui cassar no tapetão o Bernal. Tá difícil de recuperar o$ tempos pedidos.
 
José Carlos em 27/12/2013 17:45:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions