A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

04/12/2012 20:01

Atualização técnica aborda controle de pragas da soja em MS

Nícholas Vasconcelos

Cerca de 20 técnicos, colaboradores e pesquisadores da Fundação MS participaram de uma atualização técnica com o pesquisador da Embrapa, Crébio José Ávila, para o controle de pragas de soja nas lavouras de Mato Grosso do Sul.

A atualização é necessária porque entre o início e fim de toda safra de soja, do plantio até a colheita, é preciso atenção as situações que podem atacar a plantação.

Dentre os principais problemas estão as pragas que podem arruinar completamente a produção, como as lagartas desfolhadoras, percevejos, broca das axilas, tamanduá-da-soja, corós e o percevejo-castanho-da-raiz.

Para isso, deve ser feito um controle baseado nos princípios do manejo de pragas. Tais princípios consistem em tomadas de decisão de controle com base no nível de ataque, no número e tamanho dos insetos-pragas, além da consideração no estágio de desenvolvimento da soja.

Segundo o assessor técnico da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), Lucas Galvan, o sistema é aplicado na prática através da rotação de culturas. “Além de realizar esse manejo durante o desenvolvimento das lavouras, o produtor deve fazer também a rotação de culturas ao longo dos anos/safras na mesma área, pois existem pragas específicas. A partir do momento em que se cultivam vários produtos, e não somente soja e milho, a população dessas pragas diminui justamente pela falta de alimento”, detalhou.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions