A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

29/04/2014 18:09

Expogrande também tem vaga para pequenos animais, xodó das crianças

Bruno Chaves
Animais encantam crianças pelo tamanho (Foto: Cleber Gellio)Animais encantam crianças pelo tamanho (Foto: Cleber Gellio)
Menina aproveitou exposição para brincar com os coelhos (Foto: Cleber Gellio)Menina aproveitou exposição para brincar com os coelhos (Foto: Cleber Gellio)

Considerado “negócio de adulto”, a Expogrande 2014 movimenta o agronegócio da região Centro-Oeste e ainda reserva espaço para a diversão das crianças que gostam ou queriam aprender mais sobre o meio rural.

Os pequenos que visitam feira agropecuária do Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, podem contemplar a Minifazenda, que expõe pequenos animais como mini vacas e pôneis que acabam virando xodó.

“Eu nunca vi um pônei e achei legal vir aqui hoje (29). Têm vacas, carneiros, todos pequenos, e um monte de coisas que eu gostei”, disse Gabriela Vieira da Costa Maria, 8 anos, que foi ao local com a caravana da Escola Municipal Wilson Taveira Rosalino.

O irmão dela, Christian Vieira da Costa Maria, 12 anos, também ficou admirado com o tamanho dos animais e disse que se encantou mais com o carneiro. “Achei mais legal e mais bonito”, falou.

Além de pôneis e minivacas, o local ainda expõe aves, carneiros e coelhos. Alguns animais colocados em apresentação na Mini Fazenda também estão a venda e as crianças podem realizar várias atividades.

Ana Clara Vilela, 4 anos, foi à feira com o pai Márcio e aproveitou para visitar a fazendinha. Lá, a menina se encantou com os coelhos e até pegou alguns no colo. "Adorei", disse.

Conforme a Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), o local recebe a visitação de cerca de mil crianças por dia.

O objetivo é divulgar a cultura rural de uma fazenda e trazer um pouco de conhecimento às crianças, por meio do Projeto Pequeno Produtor, que explica sobre as raças dos animais e o funcionamento de uma propriedade rural.

A visitação é gratuita e ocorre até o final da exposição, no dia 4 de maio.

Petiços e ovinos ainda foram à leilão na exposição (Foto: Cleber Gellio)Petiços e ovinos ainda foram à leilão na exposição (Foto: Cleber Gellio)

Leilão – Os pequenos animais, além de serem expostos na feira agropecuária, foram a leilão no último dia 26 e movimentaram R$ 221,1 mil.

O primeiro pregão foi de petiços (pequenos equinos sem raça definida). Ao todo, 34 animais foram a leilão e a média de valor arrecadado em cada um foi de R$ 3,6 mil. No total, o leilão rendeu R$ 123,9 mil.

O segundo pregão de pequenos animais ocorreu com ovinos e gerou renda de R$ 97,2 mil com 230 cabeças leiloadas. O valor médio de cada animal foi de R$ 422,6.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions