A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/09/2012 09:51

Resolução estabelece vazio sanitário para produção de algodão em MS

Fabiano Arruda

Resolução publicada na edição desta quarta-feira no Diário Oficial do Estado estabelece período de vazio sanitário para a cultura de algodão para 12 municípios produtores em Mato Grosso do Sul.

A medida, da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), é para combate e controle da praga chamada de “Bicudo Algodeiro” (Anthonomus Grandis, boheman).

O vazio sanitário vegetal vai de 1º de outubro a 30 de novembro nos municípios de Água Clara, Alcinópolis, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.

A resolução leva em conta que a “destruição de restos culturais ou materiais inaproveitáveis de algodoeiro só é efetiva, no Estado, caso haja período de 60 dias entre a destruição dos restos culturais e o estabelecimento do início de plantio da safra seguinte”.

Outro agravante para a determinação é que Chapadão do Sul e Costa Rica são vizinhos contínuos de Chapadão do Céu (GO), onde o período de vazio vai até 30 de novembro.

A área de algodão em Mato Grosso do Sul é de 62 mil hectares e a produção estimada em 241,8 mil toneladas, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), relativos à safra 2011/2012.

Produtores de algodão têm até 20 de setembro para destruir restos de lavoura
Produtores de algodão de 10 municípios de Mato Grosso do Sul ganharam mais prazo para fazer a destruição de restos ou materiais inaproveitáveis das l...
EUA se comprometem em pagar ao Brasil compensação por algodão até 2012
Representantes do governo dos Estados Unidos se comprometeram a continuar pagando a compensação pelos subsídios do algodão ao Brasil até o fim de 201...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions