A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

26/06/2018 14:17

Bêbado que provocou acidente de trânsito com duas mortes vai a júri popular

Promotor de Justiça Ricardo Benito Crepaldi manifestou que Saulo assumiu o risco da produção do resultado

Gabriel Neris
Saulo durante audiência de custódia realizada nesta manhã no Fórum (Foto: Bruna Kaspary)Saulo durante audiência de custódia realizada nesta manhã no Fórum (Foto: Bruna Kaspary)

Saulo Lucas Barbosa Vieira, de 27 anos, que provocou acidente de trânsito com duas mortes sob efeito de álcool neste mês na região central de Campo Grande deve ir a júri popular, conforme pedido do Ministério Público Estadual. O rapaz será julgado por homicídio doloso em razão de dolo eventual depois de dirigir na contramão e atingir o carro onde estavam Luiz Vicente da Cruz, de 69 anos, e Aparecida de Souza Cruz, de 59 anos. Os dois morram no local.

O promotor de Justiça Ricardo Benito Crepaldi manifestou que Saulo assumiu o risco da produção do resultado. “Mesmo que não externado de forma direta, tais elementos trazem ao intérprete e ao julgador que o acusado assumiu o risco de resultado morte, pouco se importando com a saúde e a vida de terceiros”.

Conforme o inquérito policial, por volta das 5h do dia 15 de junho, ao entrar na contramão na Marechal Cândido Mariano Rondon com o Fiat Uno, Saulo estava em alta velocidade, rampou no quebra-molas e acertou Chevrolet Corsa de frente.

Saulo havia dito que consumiu seis latas de cerveja na casa da namorada, no Maria Aparecida Pedrossian, e iria para casa, na avenida Duque de Caxias. O motorista foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa. Três dias depois a Justiça decretou a prisão preventiva do operador de máquinas.

O motorista é de Ribas do Rio Pardo – a 103 km de Campo Grande. Na noite do dia 3 de dezembro de 2016, ele se envolveu em outro acidente, no cruzamento das avenidas Nelson Lírio com a Aureliano Brandão, no município vizinho.

Saulo dirigia o Fiat Uno e atingiu uma motocicleta conduzida por um homem de 36 anos. O rapaz novamente apresentava sinais de embriaguez, com fala arrastada, fugiu e foi detido em seguida por policiais militares. Na oportunidade, o rapaz pagou R$ 800 de fiança e foi liberado.

Carros capotaram após colisão na Cândido Mariano (Foto: Saul Schramm/Arquivo)Carros capotaram após colisão na Cândido Mariano (Foto: Saul Schramm/Arquivo)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions