A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/03/2013 19:36

Bruno afirma que primo o contou que Eliza foi esquartejada e jogada aos cães

Nyelder Rodrigues

O ex-goleiro Bruno, que manteve um relacionamento amoroso com a modelo Eliza Samudio, afirmou durante o julgamento de hoje que primo Jorge Luiz Rosa o contou que Eliza foi esquartejada e jogada para os cachorros comerem.

Conforme o relato de Bruno no juri, Luiz Henrique Romão, o Macarrão, teria ligado para alguém de um orelhão perto do estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG), e depois seguiu um homem em uma moto até Vespasiano (MG).

Já no cativeiro, Macarrão teria chutado as pernas de Eliza, e outra pessoa esquartejou o corpo dela, jogando para os cachorros. Bruno disse não saber apontar quem foi o autor do homicídio, e só soube da morte de Eliza porque o primo o contou.

Além disso, Bruno revelou que Macarrão o revelou que tinha contratado Marcos Aparecido dos Santos, o identificando na época como Neném, e ele aceitou a situação. Só depois Bruno teria ficado sabendo, pela imprensa, que Marcos era o Bola e tinha vários apelidos.

As revelações de Macarrão foram feita somente depois que Eliza desapareceu e as suspeitas vieram à tona, contou Bruno durante o julgamento. O ex-goleiro diz que a modelo morreu no dia 11 de junho de 2010.

No dia do crime, Bruno afirma que viu Eliza, e que ela o contou que precisava de dinheiro para resolver problemas pessoais em São Paulo. Segundo o ex-goleiro, ele diz que entre 22h e 23h, Macarrão e o primo Jorge voltaram com o filho dele com Eliza.

Os relatos de Bruno apontam que Jorge e Macarrão desceram muito assustados do carro, e ele estranhou a criança estar com os dois, então perguntou sobre Eliza, e Macarrão o respondeu que tinha resolvido o problema que tanto o atormentava.

(Com informações do UOL Notícias)



Bebim, bebim...
 
Samuel Aguiar em 06/03/2013 20:26:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions