A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/07/2013 11:51

Antes de ir à JMJ, jovens italianos visitam hospital São Julião em Campo Grande

Jéssica Benitez
Emocionado, italiano retorna ao São Juliano depois de 43 anos (Foto: Cleber Gellio)Emocionado, italiano retorna ao São Juliano depois de 43 anos (Foto: Cleber Gellio)
Jovens assistem vídeo contando história de hospital (Foto: Cleber Gellio)Jovens assistem vídeo contando história de hospital (Foto: Cleber Gellio)

Um grupo de 90 italianos, em sua maioria jovens, visitou na manhã de hoje o Hospital São Julião e todo o entorno da unidade. Eles estão a caminho da Jornada Mundial da Juventude, mas pararam em Campo Grande antes do encontro com o Papa Francisco para conhecer o projeto Operação Mato Grosso, criado em 1970 por italianos, que auxilia o hospital filantrópico.

A inspiração para a visita surgiu do coordenador do grupo e catequista itinerante da Itália, Lúdio Furlane, que esteve no São Julião em 1970, quando o hospital deixou de ser do Governo Federal e passou a receber ajuda do Operação MT. Ele aproveitou a vinda ao Brasil para ver de perto os frutos do projeto.

A primeira parada do grupo foi na capela da unidade hospitalar, onde todos assistiram a um vídeo explicando toda a história do local, ilustrando inclusive a passagem do Papa João Paulo II por lá em outubro de 1991 quando o pontífice abençoou todos os pacientes que estavam internados.

No final da apresentação, Lúdio explicitou seu contentamento com o projeto feito pelos conterrâneos em parceria com brasileiros. “É um trabalho muito bonito”, disse emocionado. Em seguida, todos foram encaminhados para a quadra da Escola Estadual Padre Franco Delpiano, localizada na área do hospital, onde foram recebidos pelos alunos.

Há 28 anos à frente do colégio, a diretora Ângela Regina Ramos, considera de extrema importância à interação entre brasileiros e italianos. Atualmente, sete jovens oriundos da Itália trabalham voluntariamente no projeto de basquete com os estudantes. “Esse tipo de visita pode despertar neles a vontade de ser voluntário aqui também”, disse Ângela.

O grupo seguiu para o Rio de Janeiro às 11h. À noite todos farão parte de compromisso com o Papa Francisco. Muitos estão no Brasil pela primeira vez, mas já demonstram carinho pelas terras tupiniquins, pois estavam com acessórios verde e amarelo, camisetas com o nome do Brasil e, as meninas, carregavam as cores da bandeira nas unhas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions