A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/10/2016 10:25

Baleados durante atentado em bar na Vila Nasser estão fora de perigo

Ricardo Campos Jr.
Bar onde dois homens foram baleados ontem na Vila Nasser (Foto: Fernando Antunes)Bar onde dois homens foram baleados ontem na Vila Nasser (Foto: Fernando Antunes)

Os dois homens baleados em um bar durante a noite de sexta-feira (30), na Vila Nasser, não correm risco de morte, mas o estado de saúde deles demanda cuidados segundo informações da Santa Casa, onde foram internados. Um homem armado invadiu o estabelecimento, atingiu as vítimas enquanto elas jogavam sinuca e depois fugiu em uma Saveiro prata que teria sido roubada minutos antes do crime.

Leomar Basílio da Silva, 44 anos, foi socorrido por testemunhas com um ferimento na barriga. Ao dar entrada na unidade, foi encaminhado para o centro cirúrgico para uma laparotomia exploratória. Nesse tipo de operação, os médicos abrem o abdômen do paciente para mensurar os danos e identificar os órgãos que foram atingidos. Ele já foi encaminhado à enfermaria, está consciente, orientado e comunicativo. Embora estável, não tem previsão de alta.

João Paulo Lucas da Silva, 41 anos, foi atingido no tórax e socorrido por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ele continua internado na ala vermelha do pronto socorro. Foi necessário colocar um dreno no ferimento. Os médicos devem reavaliar o estado de saúde dele, atualmente estável, para decidir transferi-lo para outra ala.

Mistério – Ainda não há informações sobre os suspeitos do crime. Testemunhas acreditam que o crime tenha sido acerto de contas pela forma como o atirador chegou, mirou e atingiu as vítimas.

O dono do estabelecimento estava no local no momento do crime. Ao ouvir o primeiro disparo, deitou-se no chão para se proteger e não viu o rosto do atirador e tampouco como ele chegou ou saiu do local.

Ele sofre de pressão alta e Doença de Parkinson. Diante do estresse provocado pelo atentado, teve que se medicar, não conseguiu dormir direito e não irá abrir o estabelecimento neste sábado (1º).

As vítimas eram frequentadores assíduos do bar. Ontem, logo após o crime, algumas pessoas que estavam no local cogitaram a hipótese de João Paulo ser agiota, ter sido atingido por alguns de seus devedores e Leomar acabou baleado por estar perto dele no momento do crime. A polícia, no entanto, ainda investiga o caso e não há informações concretas sobre o que motivou o fato.

Sabe-se, conforme boletim de ocorrência, que o suspeito entrou no local e deu justamente os tiros que atingiram as vítimas e fugiu em uma Saveiro de cor prata com as mesmas características de um veículo roubado a mão armada minutos antes na Rua Chico Bento, no bairro Costa Verde.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions