A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/12/2017 09:33

Bradesco arremata folha da prefeitura por R$ 50 milhões e garante 13º

Empresa vencedora tem 24 horas para depositar o montante nos cofres municipais depois de assinar contrato; recurso será usado para quitar o salário extra dos 23,6 mil servidores

Anahi Zurutuza e Mayara Bueno
Reunião na Central de Compras e Licitações da Prefeitura de Campo Grande com representantes do Bradesco e do Santander (Foto: Mayara Bueno)Reunião na Central de Compras e Licitações da Prefeitura de Campo Grande com representantes do Bradesco e do Santander (Foto: Mayara Bueno)

O banco Bradesco arrematou a folha de pagamento dos servidores da Prefeitura de Campo Grande por R$ 50.050.492,70. O pregão para a venda da lista de remuneração dos funcionários foi realizado na manhã desta quarta-feira (6).

Só o Bradesco entrou na disputa. Na Central de Compras e Licitações, também estava representantes do banco Santander, que não deu lance.

O secretário municipal de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, acompanhou o certame e explicou que técnicos do Santander preferiram não entrar no leilão por considerarem o lance inicial - fixado em R$ 50 milhões - muito alto. "Todos os bancos foram chamados. Colocamos um lance alto, para garantir uma venda melhor. O Santander nem veio com proposta". 

O banco só assumirá a folha a partir de julho de 2018 e será responsável pelos pagamentos dos funcionários públicos municipais, pensões e aposentadorias por 60 meses. No caso, como a folha foi arrematada pelo Bradesco, que já tem a conta da prefeitura, o banco terá apenas o contrato renovado.

A última venda da folha foi em 2012, na gestão de NelsonTrad Filho (PTB), e o município arrecadou R$ 33 milhões. Desta vez, a expectativa é alcançar R$ 50 milhões.

Décimo terceiro - A empresa vencedora tem 24 horas a partir da homologação do resultado para depositar o valor nos cofres municipais. O montante garantirá o pagamento do 13º salário dos 23,6 mil servidores.

Pedrossian disse acredita que o 13º estará na conta dos servidores na próxima semana. "A gente também está contando com o Refis. Até agora, arrecadamos R$ 42 milhões".

A despesa mensal da prefeitura com pessoal é de cerca de R$ 107 milhões. Só com o 13º, segundo o secretário, serão gastos ao menos R$ 80 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions