A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

21/11/2017 16:34

Decretada prisão de dono de conveniência que matou um com tiro de chumbinho

Suspeito foi preso horas depois, em um praça localizada no mesmo bairro em que o crime aconteceu

Geisy Garnes
Crime aconteceu na conveniência do suspeito, no Nova Campo Grande (Foto: André Bittar)Crime aconteceu na conveniência do suspeito, no Nova Campo Grande (Foto: André Bittar)

Leonardo Monteiro Haddad, de 44 anos, teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (21), durante audiência de custódia, por matar com um tiro de chumbinho Vanderson Alves dos Santos, de 24 anos, no último sábado (18), em uma conveniência no Nova Campo Grande. O suspeito foi preso horas depois em uma praça do mesmo bairro.

Proprietário da conveniência em que o crime aconteceu, Leonardo foi preso por policiais militares por volta das 11 horas de sábado (18), em uma praça do Nova Campo Grande. Levado a delegacia, ele afirmou que agiu em legítima defesa, pois estava sendo ameaçado pela vítima.

O suspeito, que já foi lutador de jiu-jitsu e medalhista de bronze no Campeonato Mundial da modalidade em 2008, contou que Vanderson chegou ao comércio de madruga, visivelmente alterado e “dando a entender que fazia alguma coisa, como roubar o local”. Ele teria pedido para a vítima ir embora, mas foi ameaçado com uma faca.

A polícia, Leonardo afirmou que Vanderson tentou esfaqueá-lo, e quase o atingiu. Por isso buscou a espingarda de pressão e fez dois disparos, “sem mira e sem intenção de acertar a vítima”. Em depoimento o comerciante alegou que viu a vítima cair no segundo tiro, mas não acreditou que havia acertado e deixou o local em um Volkswagen Passat, de cor azul, para deixar uma funcionária, que segundo ele presenciou todo o crime.

Para a polícia, testemunhas contaram que o crime aconteceu após um desentendimento entre autor e vítima. Vanderson teria pedido um salgado, mas Leonardo afirmou que naquele horário não vendia nenhum alimento. Descontrolada a vítima passou a chutar as grade do portão e sacou a faca.

Neste momento, Leonardo teria buscado a espingarda e batido o cano da arma nas costas de Vanderson, mandando que ele fosse embora. A briga continuou e do balcão o suspeito disparou. O tiro atingiu o pescoço do rapaz, que morreu no local.

Em entrevista ao Campo Grande News, vizinhos de Leonardo o escreveram como ‘agressivo’. “Ele sempre foi muito problemático, bateu na mulher, ela foi embora e até na mãe dele também”, contou uma testemunha. Na audiência de custódia o juiz determinou a prisão preventiva do suspeito para “garantia da ordem pública”.

Homem de 50 anos é esfaqueado 14 vezes por irmão durante briga
Uma briga entre irmãos por pouco não acabou em morte, na noite de ontem (15), no distrito de Montese, em Itaporã, distante 234 quilômetros de Campo G...
Homem vai apartar briga e acaba esfaqueado na Vila Nossa Senhora das Graças
Vítima de 36 anos foi apartar briga em bar e acabou ferido a golpes de faca, no fim da tarde de ontem (4), na Rua Francisco Sabino, na Vila Nossa Sen...
Enquanto lavava calçada, homem é esfaqueado por vizinho descontrolado
Um homem de 56 anos foi surpreendido pelo vizinho, de 25 anos, e foi esfaqueado por ele enquanto lavava a calçada da vila de casas onde mora, no bair...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions