A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/02/2014 08:59

Focos disparam e Prefeitura faz mutirão para limpar e multar terrenos

Aliny Mary Dias
Terreno é o primeiro que cumpre resoluções da lei em vigor desde junho do ano passado (Foto: Marcos Ermínio)Terreno é o primeiro que cumpre resoluções da lei em vigor desde junho do ano passado (Foto: Marcos Ermínio)

Com a preocupação de uma nova epidemia de dengue semelhante à registrada no ano passado, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) começou nesta segunda-feira (3) uma das ações da força-tarefa que multa, limpa e cobra de proprietários a limpeza de terrenos baldios.

Em vigor desde junho do ano passado, a lei complementar que cobra dos proprietários a limpeza e, caso nada seja feito, dá a Prefeitura condições de limpar os terrenos privados começou a ser colocada em prática hoje.

A negligência do dono de um terreno localizado na Rua Taquari, no bairro Santo Antônio, levou o município a cumprir outra resolução da lei. O proprietário foi multado em R$ 1.624 mil no ano passado, e após duas visitas de técnicos, foi constatado que o terreno continuava sujo.

Operários da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habilitação) em parceria com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) começaram a limpeza e mais de três caminhões precisaram ser usados para retirar toda a sujeira do espaço.

Os trabalhos devem durar a manhã toda e a expectativa é que os focos de dengue que já foram encontrados no local não voltem a acumular.

Segundo a chefe de fiscalização das áreas verdes da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Maria Luiza Rolim, a lei consiste em notificar os proprietários que não limpam as áreas.

“Nós damos um prazo de 10 a 15 dias para a pessoa limpar, se nada for feito, nós multamos e depois fazemos visitas para ver as condições das áreas”, explica.

Chefe de fiscalização da Semadur afirma que várias notificações foram feitas para proprietário (Foto: Marcos Ermínio)Chefe de fiscalização da Semadur afirma que várias notificações foram feitas para proprietário (Foto: Marcos Ermínio)
Trabalhos devem durar o dia todo (Foto: Marcos Ermínio)Trabalhos devem durar o dia todo (Foto: Marcos Ermínio)

Depois da multa e das visitas, o proprietário é avisado que a limpeza será feita pela Prefeitura. Nesse caso, o dono precisa pagar mais 10% do valor da multa, referente ao serviço de limpeza, e duas vezes o valor inicial. No caso do terreno do Santo Antônio, o dono teve um prejuízo estimado em R$ 5 mil.

Dengue – O coordenador do Controle de Vetores do CCZ (Centro de Controle de Zoonozes), Alcides Ferreira, acompanhou os trabalhos e explica que a força-tarefa entre as secretarias foi criada depois do aumento de focos do mosquito Aedes Aegypti.

“O que nossas equipes identificaram até agora é que a infestação da dengue está igual ao mesmo período do ano passado, mas estamos preocupados porque os focos aumentaram. Nossa saída é fazer ações como essa de limpeza”, completa Ferreira.

Após reclamações, prefeitura promove limpeza e ação contra dengue nas Moreninhas
Após reclamações sobre falta de limpeza e cuidado com as ruas e parques da região das Moreninhas, a prefeitura de Campo Grande irá realizar hoje (24)...
Em uma semana, notificações de dengue sobem 45% em Campo Grande
Em uma semana, as notificações de dengue aumentaram 45% em Campo Grande. No último boletim, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, haviam sido ...


Por favor me ajudem consegui que a prefeitura limpe o terreno na coronel zózimo ao lado do número 426 no bairro coronel antonino. Tenho varias denuncias em mãos e a prefeitura nunca fez nada. A calçada também está intransitável. Obrigada.





 
Rosane Lacerda em 03/02/2014 16:45:20
Se vai multar tem que ser igual para todo mundo, a prefeitura é a que mais tem terreno com foco de dengue, a multa aplicada no terreno deveria ter seu valor enviado para a associação de moradores do bairro, que utilizaria o dinheiro para fazer melhoras no próprio bairro, em contrapartida a associação de moradores fica responsável por denunciar os terrenos que estão com foco, só não é justo que o dinheiro da multa vá para a prefeitura, utilizar sabe Deus onde, a situação só chegou até onde está hoje porque o imbecil do prefeito não começou campanha nenhuma até agora e o verão já tá no fim, se tivesse prevenido no início, o gasto seria muito menor e a população não estaria em risco hoje, acho que o prefeito e servidores deveriam ser responsabilizados judicialmente pelo risco que corremos.
 
maximiliano nahas em 03/02/2014 15:07:47
Notifiquem e se não tiverem retorno limpem 2 lotes juntos na Av 7 no Jd Carioca (o de sub esquina ao lado do nº 1605 e o da esquina na mesma Av 7 esquina com Rua Elizeth Cardoso) ambos desde Dezembro de 2.012 nunca foram limpos pelo proprietário, sendo que o mato ultrapassa as residencias ao lado e do fundo, além do acumulo de lixo, pneus, animais mortos e infestação de ratos, sem contar que minha família já foi vitima da dengue.
 
Ivete Saldanha em 03/02/2014 14:52:29
Gostaria de saber por que aqui no conjunto união, geralmente a prefeitura não faz limpeza, pois constantemente fazem limpeza ate a entrada do conjunto, e quando isso acontece nos ficamos achando que dessa vez vai acontecer, mas infelizmente não fazem esse trabalho. A minha pergunta é por que, pois há tempos atrás, sempre faziam isso, e agora não fazem, depois de varias mudanças de presidente de bairro, isso foi o que nos ganhamos.
 
juan merubia flores em 03/02/2014 14:04:19
Rua Luis Carlos Petengil esquina com Jamil Basmage no bairro Mata do Jacinto tem um terreno de tamanho considerável tomado pelo mato, como se não bastasse vários moradores usam como depósito de lixo, onde se é jogado moveis velhos, lixos e até animais mortos. O pior é que ninguém sabe quem é o dono do terreno, uns falam que é da caixa, outros que é da prefeitura, a única coisa que sei é que algo tem que ser feito.
 
Nelci Costa em 03/02/2014 13:18:36
Estao falando em dar multas para quem nao limpa terrenos, eu gostaria de saber como q fica o terreno que fica nos fundos do terminal nova bahia, esta um mato enorme, que da ate medo de passar por la, inclusive uma vizinha foi ate assaltada . Por favor,arrumem uma soluçao para esse problema, e um caso de urgencia.
 
Sueli Celia de Andrade em 03/02/2014 12:14:32
Agora eu acredito que a campanha contra a dengue pode funcionar porque está direcionada não ao mosquito e sim ao porcalhão que muita da vezes nem mora no município e por isso não está nem aí. Parabéns prefeito por fazer valer a lei. Só acho que tem um erro nesta cobrança: Valor muito baixo.
 
Ito Malta em 03/02/2014 12:02:52
Engraçado quando se trata para dar multa ficam ligeiros mas fazer o que tem que ser feito mesmo não o fazem.Tomem vergonha na cara de vocês e trabalhem para justificar os salários que ganham.
 
soniel braga em 03/02/2014 11:57:57
Rua Pastor Virgilio com rua do golfinho,na Vila Kellen região do coopavila 2, terreno há mais de 20 anos abandonado,inclusive a prefeitura utilizou como depósito de pedregulhos e areia durante a construção da avenida Lúdio coelho na região do lagoa está um mato só com sujeira e insetos peçonhentos,o dono deste terreno nunca aparece,mas se alguem resolve ocupar a aréa logo aparece o dono ou algum parente do dono.
 
antonio Costa em 03/02/2014 11:52:53
Gostaria que fosse feita uma visita no bairro Jardim Mansur, um bairro considerado Nobre que possuem terrenos de R$ 600 mil, estão em condições precárias, além disso disseram que o bairro seria asfaltado e até o momento nenhuma obra iniciou, ai a pergunta por que um bairro que possuem casas e terrenos em valores maiores que 600 mil não tem asfalto? Precisamos de asfaltos. Bernal conto com você, pois sei que você é o Cara e precisa apenas de apoios dentro da câmera dos vereadores.
 
Antonio Neto em 03/02/2014 11:40:14
Parabéns, gostei de ver...São atitudes assim, que faz o Brasil ir pra frente, pessoas de atitude e que faz acontecer...Tem que cobrar mesmo, a saúde é um bem de todos....
 
Jonas da Silva em 03/02/2014 11:33:15
eu moro na engº roberto mange e o condominio residencial bandeirantes da rua dos barbosas só cuida da frente do predio em quanto nos fundos a calçada esta toda arrebentada e cheia de mato,caramujo passou da hora de mandar uma multa a eles
 
angelica miranda em 03/02/2014 11:26:53
ótima iniciativa quando dói no bolso o povo toma vergonha
 
angelica miranda em 03/02/2014 11:24:09
Tem que multar mesmo. Compram terrenos para investimento e depois deixa o mato tomar conta como se ele não tivesse responsabilidade pela limpeza de seu bem. Passei estes dias pelo bairro praticamente centro atras da Fiat e o mato esta tomando conta e deve ser de pessoas de posses, porque é uma área toda para vender e o mato tomou conta. Será que estas pessoas acham que podem comprar um terreno para investimento e pode deixar para criar mato e bichos e até mesmo esconderijo de ladrões.
 
Placida Barros em 03/02/2014 11:19:04
Todo mundo ja sabe que terrenos baldios sujos são possiveis focos de dengue e LEISHIMANIOSE. Portanto os donos de terrenos não precisam ser NOTIFICADOS tem que ser MULTADO de imediato porque o mosquito não espera. Enquanto existe prazo para prefeitura notificar proprietário, prefeitura verificar se a LIMPEZA foi feita para DEPOIS MULTAR, o "mosquitinho" já fez várias vitimas. Vamos acelerar este processo afinal já pensou se precisassemos ser notificados para mantermos a higiene pessoal? Assim é com com quem tem terrenos. O proprietário já sabe que no maximo ha cada 4 meses tem que LIMPAR seu terreno e se isso não ocorrer MULTA nele. Não podemos ficar a mercê destes irresponsáveis donos de terrenos que ficam explorando e colocando em risco a vida da população.
 
Lourdes Oliveira em 03/02/2014 11:10:55
Por favor senhores visitem Rua Duartina, atrás do atacadão saida para SP e inclusive atrás do atacadão .
 
Mila Frigo em 03/02/2014 10:45:36
A limpeza sempre é necessária. O problema é quando deliquentes usam essa área vazia ainda que limpa para jogar entulhos. Próximo de uma construção do MRV São Francisco meu amigo tem um imóvel e a própria empreiteira jogava entulhos. Resultado. Mais de 1000 reais de multa e a empresa não arcou com nada. São coisas assim que é preocupante, pois as pessoas não possuem consciência e prejudica outras pessoas.
 
Jose Jacinto Cury em 03/02/2014 10:36:05
DEVERIA IR NO JARDIM MORUMBI, RUA DO SUCRE - CONTINUAÇÃO, VASCO DA GAMA, TRAVESSA EMA.... POIS O QUE SÓ TEM É TERRENO BALDIO COM ESCORPIÕES E COBRAS, TENHO 2 FILHOS PEQUENOS DE 1 ANO E 5 ANOS E TEMOS QUE CONVIVER COM O DESCASO DESTA PREFEITURA QUE NEM CASCALHO DE QUALIDADE ENVIA AO NOSSO BAIRRO. SAUDADES DAS ADMINISTRAÇÕES ANTERIORES !!!! SÓ IR NESTES ENDEREÇOS QUE IRÃO CONSTATAR O QUE RELATO AQUI.
 
JUNIOR CAMILO em 03/02/2014 10:23:50
E quando o terreno é de responsabilidade da Prefeitura, quem será responsabilizado ?? Rua das Naçoes Unidas logo após o numero 372, no Bairro Monte Castelo, a ultima vez que fizeram limpeza no terreno foi na administração passada.
..
 
Evandro Cesar em 03/02/2014 10:14:53
Parabéns, eu estava falando sobre isso....a prefeitura tem que agir mesmo, gostei.
 
elio santos em 03/02/2014 09:37:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions