A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/07/2015 22:38

Grupo definirá estratégia para retirar 1,2 mil pessoas da Cidade de Deus

Thiago de Souza
Reunião contou com a participação de diversos órgãos municipais e estaduais. (Foto: Divulgação Governo MS)Reunião contou com a participação de diversos órgãos municipais e estaduais. (Foto: Divulgação Governo MS)
Cerca de 400 famílias residem na Favela Cidade de Deus. (Foto: Marcos Ermínio)Cerca de 400 famílias residem na Favela Cidade de Deus. (Foto: Marcos Ermínio)

O Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf, se reuniu, na tarde desta terça-feira (14) com autoridades de diversos órgãos para discutir a melhor estratégia para desocupar a favela Cidade de Deus, em Campo Grande. No local residem cerca de 1200 pessoas.

Participaram da reunião, na Secretaria de Segurança Pública do Estado, representantes do Ministério Público, da Procuradoria Geral do Município de Campo Grande, da Guarda Municipal, da Secretaria de Estado de Habitação e a Polícia Militar.

A desocupação é necessária pois o local é considerado uma área verde da Cidade. Em 2013, a Prefeitura Municipal de Campo Grande já havia transferido cerca de 300 famílias da favela para casas de programas habitacionais do governo. Porém, conforme o Procurador Geral do Município, Fábio Leandro, muitas delas retornaram à Cidade de Deus. “Metade das 400 famílias que vivem ali já receberam uma moradia do governo ou possuem residência própria”, ressaltou o procurador.

Uma nova reunião foi marcada para daqui 30 dias, a fim de ser feito um cadastramento de todas as famílias que ocupam a Cidade de Deus. A partir desses dados, será traçada uma estratégia final para a desocupação.

O secretário de Segurança Pública, Sílvio Maluf destacou acreditar que, encontrando um local mais adequado, as famílias sairão da área sem oferecer resistência.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions