ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Idosa é atropelada em faixa de pedestre e aguarda 1h por resgate do Samu

Moradores de condomínio em frente ao local do acidente afirmam que houve demora no atendimento

Por Gabriela Couto e Juliano Almeida | 22/02/2024 19:32
Corpo de Bombeiros fez a imobilização e proteção da idosa que ficou caída no chão da Avenida Afonso Pena por cerca de 1h (Foto: Juliano Almeida)
Corpo de Bombeiros fez a imobilização e proteção da idosa que ficou caída no chão da Avenida Afonso Pena por cerca de 1h (Foto: Juliano Almeida)

Marley Hosbach, 67 anos, foi atropelada por uma moto Ducati esportiva, nesta quinta-feira (22), quando atravessava a faixa de pedestres que fica na Avenida Afonso Pena, em frente ao Shopping Campo Grande.

O acidente ocorreu por volta das 18h e a idosa ficou aguardando socorro por cerca de 1h, no chão. O trânsito no local ficou impedido na faixa do meio, com o apoio da equipe do Corpo de Bombeiros.

Moradores do Jardins do Jatobá monitoraram todo o acidente, do início ao fim e reclamaram da demora no atendimento do Samu (Foto: Direto das Ruas)
Moradores do Jardins do Jatobá monitoraram todo o acidente, do início ao fim e reclamaram da demora no atendimento do Samu (Foto: Direto das Ruas)

A vítima apresentou escoriações na cabeça e teve perna e braço direito imobilizado pela equipe médica, pois apresentava suspeita de fratura. Marley foi encaminhada para a Santa Casa.

Moradores do condomínio Jardins do Jatobá acompanharam todo o resgate. Eles afirmam que é muito comum atropelamentos naquele ponto. Para a médica e chefe de gabinete do vereador Dr. Victor Rocha (PP), Rosimeire Fernandes Arias, a demora no atendimento não é justificável.

“Quem fez a maior parte do trabalho foram os bombeiros. O Samu demorou mais de 1h para chegar. Liguei lá e disseram que tinham poucas viaturas e muitos acidentes para atender, o que não justifica deixar uma senhora estatelada no chão todo aquele tempo”, ressalta.

Idosa foi imobilizada por equipe do Corpo de Bombeiros e do Samu com suspeita de fratura (Foto: Juliano Almeida)
Idosa foi imobilizada por equipe do Corpo de Bombeiros e do Samu com suspeita de fratura (Foto: Juliano Almeida)

Ela lembrou que trabalha na Câmara Municipal e que a falta de viaturas do Samu será tema de audiência pública na Casa de Leis, no dia 11 de março, às 9h. “Vamos tratar justamente sobre essa falta de viaturas e manutenção dos veículos. O tema é ‘O Samu que Campo Grande Precisa’. Estão todos convidados”.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) que é responsável pela administração do Samu. Por meio de nota, a pasta informou que p "acidente entrou por volta de 18h30 para o SAMU . Assim que liberou uma viatura, foi encaminhado para socorro. Todas as viaturas estavam empenhadas em atendimento a outros acidentes e transferência de pacientes".

***Matéria alterada às 20h39 para acréscimo de informação.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias