A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

24/07/2015 10:00

Mãe denuncia creche onde filho foi agredido e mordido pela 4ª vez

Filipe Prado
A criança foi mordida por um colega (Foto: Direto das Ruas)A criança foi mordida por um colega (Foto: Direto das Ruas)

Uma mãe denunciou a creche Associação Beneficente do Aero Rancho onde o filho de 1 ano e sete meses frequenta, após ser mordido por um colega de classe, durante uma briga. As professoras não viram o ocorrido, alegando ter acontecido em “questão de segundos”. Esta é a quarta vez, em cinco meses, que a criança é agredida na escola.

A atendente de telemarketing Glenda Ribas, 23 anos, contou que o filho estuda na creche há cinco meses. A primeira briga aconteceu em maio. Ela foi chamada pela escola, porque a criança havia brigado com um amigo, mas sem ferimentos.

Porém as brigas ocorreram novamente, sendo que o menino voltava para a casa com escoriações pelo corpo, sendo arranhões e, nesta última vez, mordidas. “Ela havia falado que era para eu ficar tranquila, garantindo que não iria acontecer”, comentou.

Ela assegurou que a criança está com muitos hematomas e reclamando de dores na barriga, ainda mudando de comportamento, após as agressões. “Ele está agressivo, beliscando, chutando e com medo das pessoas”, completou a atendente.

A mãe relatou que foi até o Conselho Tutelar, onde apontaram que fariam uma notificação à creche. Também foi até a DEPCA (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente), mas os policias afirmaram que não poderiam registrar o boletim, já que o autor e a vítima são bebes.

A diretora da creche, que preferiu não divulgar o nome, contou que as crianças brigaram por conta de um brinquedo, sendo que o colega mordeu o bebe, mas “foi uma questão de segundos”. “Quando as professoras viram, elas separam as crianças”.

As mães foram chamadas até a creche e assinaram a ocorrência. Ainda revelou que aumentou o número de professoras na sala da criança, mas assegurou que foi a primeira vez que algo do tipo aconteceu na creche.

Glenda foi até a Semed (Secretaria Municipal de Educação) onde fará um registro contra a creche, por conta dos hematomas.

Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions