A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/05/2016 12:19

Manual da Prefeitura prevê isolamento de alunos com sintomas de gripe

Fernanda Mathias
Aulas em escola municipal chegaram a ser suspensa semana passada após confirmação de gripe em aluna (Foto: Fernando Antunes)Aulas em escola municipal chegaram a ser suspensa semana passada após confirmação de gripe em aluna (Foto: Fernando Antunes)

Depois da confirmação de caso de aluna que adoeceu com a gripe causada pelo vírus H1N1, a Prefeitura de Campo Grande divulgou nesta segunda-feira (30), em Diário Oficial, o Manual de Precaução e Prevenção da transmissão do Vírus da Gripe (Influenza), elaborado pela Coordenadoria de Vigilância Sanitária e Ambiental, da Diretoria de Vigilância em Saúde.

Dentre as medidas estabelecidas no manual, as escolas devem reservar uma sala para isolamento do aluno com suspeita de gripe até que os pais o busquem.

Também estão previstas outras medidas de precaução, como a higienização da mãos com sabão e álcool em gel, neste caso “se houver disponibilidade”, além de manter distância de segurança de pelo menos um metro de quem apresentar os sintomas.

O manual enfatiza que a suspensão das aulas não é medida recomendável, por causar comoção e também porque os alunos e funcionários continuarão freqüentando outros ambientes com grande concentração de pessoas, sejam cinemas ou shoppings.

Recentemente a Prefeitura solicitou ao governo estadual suplementação de seis mil doses de vacina contra o H1N1 para imunizar os professores, mas o governo Estado informou que não há estoque. As vacinas na rede pública são voltadas aos chamados grupos prioritários, como crianças de 06 meses até 5 anos, gestantes, idosos e portadores de algumas doenças crônicas, mas muitos não conseguiram a imunização nos postos e até o momento não há uma explicação definitiva sobre a diferença entre o volume recebido pela Prefeitura e a cobertura vacinal. O destino de pelo menos três mil doses ainda não foi justificado.

O último relatório oficial da SES (Secretaria de Estado de Saúde), divulgado quarta-feira passada, 25, apontava 25 óbitos pela doença. Depois disso, ocorreram mais mortes suspeitas, mas ainda não há confirmação oficial.

Com a atualização dos dados e registros da gripe, Mato Grosso do Sul já possui 485 casos notificados pela doença, sendo 151 somente em Campo Grande. Ao todo, 367 pacientes tiveram a confirmação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions