ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Presos em área de invasão foram soltos após fiança de R$ 100

A fiança foi arbitrada em audiência de custódia realizada ontem (30) no Fórum, pelo juiz Carlos Alberto Garcete

Por Viviane Oliveira | 31/07/2020 11:55
Polícia Militar conversando com os moradores na área invadida, próxima ao Aterro Sanitário (Foto: Paulo Francis) 
Polícia Militar conversando com os moradores na área invadida, próxima ao Aterro Sanitário (Foto: Paulo Francis)

As quatro pessoas, uma mulher e três homens com idades de 18 a 21 anos, que foram presas na quarta-feira (29) durante operação da Prefeitura de Campo Grande para desocupar a área pública às margens da BR-262, próximo ao aterro sanitário do Bairro Dom Antônio Barbosa II, pagaram fiança de R$ 100 e foram liberadas ontem.

A fiança foi arbitrada em audiência de custódia realizada ontem (30) no Fórum, pelo juiz Carlos Alberto Garcete. Os quatro responderão por invasão, (denominado juridicamente de esbulho possessório), ameaça, resistência e injúria contra funcionário público.

A confusão aconteceu quando equipes da prefeitura voltaram, pelo 3º dia, no bairro para desocupar a área. Na última segunda-feira (27), cerca de 150 famílias foram forçadas a deixar os barracos. No dia seguinte, menos de 10 horas depois, os moradores voltaram para área, reconstruíram os barracos e fecharam a Avenida Evelina Figueiredo Selingardi em protesto contra a desocupação.

Participaram da operação GCM (Guarda Civil Municipal), AMSHAF (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiário) e da Semadur (Secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano).