A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/06/2012 09:19

Rapaz é morto pela PM após agredir familiares no Portal Caiobá

Francisco Júnior

Um rapaz de 24 anos foi morto por policiais militares na noite de ontem após agredir familiares no Portal Caiobá, em Campo Grande. Tiago Ferreira Santos foi baleado ao reagir à prisão, segundo a Polícia informou.

De acordo com a Polícia, os próprios familiares acionaram o 190, após Tiago agredir a mãe e os dois irmãos. A confusão aconteceu em uma casa na rua Cassandra.

Com a chegada dos policiais, Thiago saiu da casa, mas acabou localizado em outra residência no bairro.

Ele estava armado e reagiu a prisão, quando acabou baleado. Ele chegou a ser encaminhado para o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia Militar informou que está apurando o que aconteceu no local e irá emitir uma nota sobre o ocorrido.



Acredito que todos erram, e antes de julgar os outro acredito q todos devem olhar pra dentro de si mesmo. Pois nem todo mundo sabe o que o menino passava. Não estou defendendo ninguém se ele morreu era pra ser assim só acho errado juga-lo sem conhece-lo.
 
Rayssa Padilha em 18/06/2012 04:05:36
Senhor Ricardo Arantes... por favor... fala com a minha mão, vai!
 
João Silva em 15/06/2012 12:47:11
bandido sim vcs nao tem amor pode ser bandido mas tem familia tem filhos todos erram ninguem e perfeito se existe alguem aponte o ninguem tem direito de tirar a vida de ninguem so deus tem esse direito
 
rita rocha em 15/06/2012 12:42:20
Esse cidadão dos direitos humanos tá muito mal informado.Já foi tarde esse que morreu.
 
moacir torres em 15/06/2012 12:12:53
A Solange diz: "imagine a dor dessa mão....". Ela tem que pensar que nunca mais vai apanhar desse filho, nem perdê-lo, enterrá-lo. Parabéns PM.
 
Wilson Oscar da Silva em 15/06/2012 12:10:41
- Parabéns PM... é isso ai mesmo, reagiu contra a policia, bateu na mãe? Ta se achando o bicho? Pau na maquina... melhor 100 bandidos mortos que um pai de família honrado e trabalhador ferido... Lamento e rezo pelas mães que nenhuma culpa tem nisso, mas bandido bom é bandido morto e de preferencia cremado que é pra não infectar o solo. Perdoem a dureza do ser, mas é assim que é.
 
Zuza Ratier em 15/06/2012 11:28:26
Direitos Humanos? Pergunte a mãe das pessoas que ele matou, as meninas que ele estuprou aqui no caiobá!! onde estão os DH agr?
 
Paulo Ayres em 15/06/2012 11:13:02
nao repeitava nem a mae imagina os outros; ja foi tarde.
 
TADEU SILVA em 15/06/2012 10:58:38
Parabéns a esses policiais, um a menos para perturbar a sociedade. Sr. Ricardo Arantes se todos os policiais fizessem isso nossa belíssima capital Morena não estaria cheia de bandidos, Mais uma vez PARABÉNS a PM.
 
Geraldo Garcia em 15/06/2012 10:50:17
Ele foi morto porque reagiu a prisão apontando uma arma para os policias e não somente pela agressão, aliás se ele não fosse morto , iria ser talvez um desses policias é que estaria na manchete hoje como morto .
 
Dênis Carlos Medeiros em 15/06/2012 10:46:10
Ótima ação da PM, fez uso da arma quando não houve negociação! Direitos Humanos cabe melhor a humanos direitos! Quem defende bandido é visto da mesma maneira! Quero ver vc pensar em "direitos humanos" com uma arma apontada pra vc! Parabéns à Polícia Militar do MS, estão realizando um ótimo trabalho!
 
Marcos Guimarães em 15/06/2012 10:44:28
A troca de tiros em ocorrências policiais é exceção em qualquer ação policial. Qualquer pessoa que é abordada pela Polícia, seja ela qual for, deveria saber que ao ser abordado está diante de um representante do Estado. A Polícia deve sempre preservar a vida de quem quer que seja. No entanto, o policial deve preservar a sua própria. Se a polícia age é arbitrária, se não o faz é negligente.
 
Junior Honorato em 15/06/2012 10:29:35
imaginem a dor da mãe desse rapaz,apanhar do filho e depois te que enterrar......deve ser uma dor insuportavél,que DEUS a conforte.
 
solange obara em 15/06/2012 10:24:17
o sr ricardo arantes pega o vagabundo e leva pra sua casa ja que ta com peninha de bandido
 
fabio almeida em 15/06/2012 10:18:47
Que direitos humanos? agora vai culpar a policia pelo caso... parabens aos policiais, lamento pelos familiares deste rapaz, pois mesmo tomando estas atitudes a familia sempre sofre com a perda... Se "Direitos Humanos" ligasse para o mundo tentava resolver temas como a miséria e pobreza, abusos sexuais... tem muita coisa pra eles resolverem.
 
João Bezerra em 15/06/2012 10:15:41
muito bom a ação da policia menos um para fazer os familiares sofrerem, se não quiser respeitar a policia vai respeitar quem, armado e reagiu ta pedindo pra morrer, muito bom policia militar parabens menos um na rua pra dar trabalho a sociedade, e para os falsos moralistas cade o direitos humanos da policia.
 
flavio ribeiro em 15/06/2012 09:58:52
ta virando moda a pm mata kd os direitos humanos, primeiro eles atira depois eles pergunta .
 
ricardo arantes em 15/06/2012 09:46:59
Agora ESSE FINADO não vai agredir mais a mãe...
 
Cleber Pires em 15/06/2012 09:32:21
Foi tarde, não tenho um pingo de dó...
 
alexandra santos de jesus em 15/06/2012 08:38:58
Engraçado esse tal de Ricardo. Quando o cara espancava a mãe o direito humano achou bonito, mas quando a PM libertou a família dele, ele achou errado. Parabéns à polícia. Agiu corretíssima.
 
marcelo benitez villalba em 15/06/2012 04:57:00
Dona Rita! Gostaria de dizer que quando uma pessoa atenta contra a vida de outra, esta perde o direito de viver e isto é previsto na Bíblia.
 
Ivan Carlos em 15/06/2012 04:01:38
MAIS QUE DIREITOS HUMANOS NÓS PRECISAMOS É DE HUMANOS DIREITOS......
 
milton ferreira em 15/06/2012 03:46:22
Estudei com o tiago,mais nunca foi bom espelho para ninguém , lamento o aconteçimento mais infelismente ele escolheu o caminho errado.
Meus pezames a família mesmo pelo acontecido eles vão ter que arcar com as despesas.
Parabéns a PM,que continue não só nesse caso a participação mais cada vez mais presentes nos bairros.
 
thiago rocha em 15/06/2012 03:32:00
NÃO ADIANTA, PEQUENO LUTAR CONTRA GRANDE, PRINCIPALMENTE QUANDO ESTA LONGE DE DEUS, ESSE NEGÓCIO DE COLOCAR A MULHER PARA BRIGAR COM HOMEM, FILHOS COM OS PAIS, SÓ PERDE O MENOR, QUANDO A POLÍCIA VEM, ELA VEM PARA RESOLVER, NÃO PARA PERDER, ENTÃO OS FRACOS, SE HUMILHEM, SE ENTREGUEM, QUE É MELHOR, NÃO ADIANTA REAGIR, POIS SE AQUELE GRUPAMENTO NÃO DER, VEM MAIS, SÃO ANJOS DA PAZ DA SOCIEDADE, IMUNIZ
 
pedro braga em 15/06/2012 03:24:05
ESQUENTA NÃO, GALERA, DAQUI A ALGUNS DIAS QUEM SABE O PM QUE MATOU ENTRA COM UM PROCESSO PEDINDO PRA SER PROMOVIDO POR ATO DE BRAVURA. UMA SALVA DE PALMAS PARA OS ANALFABETOS DE PLANTÃO
 
GUSTAVO DIAS em 15/06/2012 03:07:44
Acontece, mas é bem raro a policia matar alguem inocente! com certeza ela nao estava dentro da igreja rezando e a policia chegou la atirando, concordo plenamente com o Junior Honorato!
 
KELI REGINA FERREIRA DA SILVA em 15/06/2012 01:44:48
Em muitos casos, a familia da gracas a Deus quando isso acontece, pois quem é que quer ser espancado por esses indivíduos. Infelizmente o cemiterio é o melhor lugar pra eles, pois finalmente a familia encontrara a paz agora. Triste, mas se Direitos Humanos resolvesse esses problemas com certeza o resultado seria outro, mas como nao resolvem nada, entao é melhor ficar no esconderijo.
 
luci santos em 15/06/2012 01:22:00
O sr. Ricardo Arantes deve ser advogado, esta clamando por direitos humanos para defender os bandidos....Será que era cliente ouro dele....Com tantas passagens...deveria ser...Parabéns aos bravos policiais....
 
Marcelo Oliveira dos Santos em 15/06/2012 01:20:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions