A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

03/07/2019 09:30

Santa Casa recebe novo aviso de paralisação de médicos, 6 dias após evitar greve

Na sexta-feira passada, com o repasse de R$ 2,1 milhão da Prefeitura à instituição, salários de 305 profissionais foram pagos

Anahi Zurutuza e Marta Ferreira
Profissionais na entrada de sala de cirurgia do hospital durante inauguração (Foto: Saul Schramm/Arquivo)Profissionais na entrada de sala de cirurgia do hospital durante inauguração (Foto: Saul Schramm/Arquivo)

Seis dias depois de por fim à ameaça de paralisação dos médicos, a Santa Casa de Campo Grande já foi notificada que se os profissionais não receberem na sexta-feira (5), interrompem as atividades a partir de sábado.

Os profissionais celetistas tomaram decisão em assembleia que a partir deste mês sempre que o pagamento não for feito até o 5º dia útil de cada mês, a paralisação “dentro dos limites legais” começa a partir da 7h do dia seguinte, conforme o Sinmed-MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul).

Na sexta-feira passada, dia 28 de junho, com o repasse de R$ 2,1 milhões da Prefeitura de Campo Grande à instituição, a Santa Casa quitou os salários dos 305 médicos contratados em regime de CLT e conseguiu evitar a greve. A categoria paralisaria naquele dia.

O corpo clínico do hospital tem reclamado frequentemente de atrasos salariais. Neste mês, eles só haviam recebido pouco mais de um terço dos vencimentos.

A Santa Casa, por sua vez, alega que enfrenta dificuldades financeiras e que tem créditos com a Prefeitura no valor, atualizado hoje, de R$ 16 milhões. Desse montante, R$ 7,9 milhões seriam repasses atrasados e R$ 7,8 milhões de serviços realizados pela Unidade do Trauma.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions