A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Junho de 2018

31/01/2011 11:21

Soldado que matou a ex-esposa está na PM há 12 anos

Nadyenka Castro

Corporação abriu sindicância para apurar se houve crime militar

O soldado Paulo César Lucas Batista, de 42 anos, que matou a ex-esposa, Luciana Chaves Farias, de 35 anos, na madrugada de ontem, está na PM (Polícia Militar) há 12 anos.

Ele é lotado no 1º Batalhão e a corporação abriu sindicância para apurar se houve crime militar. A arma utilizada no homicídio pertence à Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública).

De acordo com a assessoria de imprensa da PM, a corporação está a disposição da família para prestação de assistência.

Paulo César está preso no Presídio Militar. Ele foi autuado em flagrante por homicídio doloso (com intenção de matar).

Luciana foi atingida por dois tiros. Ela já havia denunciado ele à Polícia Civil, por ameaça, em junho de 2009. Os dois foram casados por 16 anos, têm três filhas e estavam separados há duas semanas.

O soldado diz que atirou em Luciana sem saber que era ela, após ter ouvido barulho de arrombamento na porta do quarto onde morava. A mulher foi atingida por dois tiros nas costas.



Existe pessoas que,confundi obsessão com amor.A obsessão cega confundi engana a quem a sente.Assisti a entrevista da mãe dela onde dizia ''Ela não aceitava o fim do relacionamento".O amor normal,diferente da obsessão não prende,não sufoca deixa que aquele(a) companheira respire.É uma pena que 3 inocentes estejam participando de mais uma novela trágica do nosso dia a dia.Fica o meu recado,a todas as mulheres se valorizem mais,se ame primeiro para depois amor os outros.Falta mais amor próprio e mais amor ao próximo.
 
Raquel Sandim em 31/01/2011 11:55:47
Nada justifica mas, fala sério, o que essa mulher foi fazer lá as 02:30 da madrugada, chutando a porta???? Por que foi atras dele? ele não espancou ela??? não tem registro de violencia domestica?????? Por que ela queria reatar o relacionamento se o cara é tão violento????? Conheço varios casos de mulheres que infernizam homens porque nao aceitam o rompimento, como disse não justifica, mas tudo tem limite. Eu jamais ficaria com uma pessoa que me agredisse verbalmente quem dirá fisicamente. Essas mulheres tem que ter mais atitude, independencia, carater, e não manter relacionamente com pessoas agressivas.
 
eliandra costa em 31/01/2011 02:51:00
Não, justifica a ação do policial, mas se estavam separados o que ela foi fazer na casa dele às 02h40mim da madrugada?
 
João Costa Ribeiro em 31/01/2011 02:03:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions