A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

21/08/2018 14:04

Foi convocado para ser mesário e não vai poder? Saiba como pedir dispensa

As convocações serão feitas até o dia 23 de agosto, prazo que os cartórios eleitorais têm também para publicar no Diário Oficial da Justiça Eleitoral os editais com o chamamento

Anahi Zurutuza
Urna para ser entregue a mesários, mas eleições de 2016 (Foto: Fernando Antunes/Arquivo)Urna para ser entregue a mesários, mas eleições de 2016 (Foto: Fernando Antunes/Arquivo)

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) estima que precisará de 25 mil pessoas para trabalhar no dia 7 de outubro, o 1º turno das eleições. As convocações serão feitas até o dia 23 de agosto, prazo que os cartórios eleitorais têm também para publicar no Diário Oficial da Justiça Eleitoral os editais com o chamamento.

Foi chamado? O eleitor tem de apresentar uma justificativa – por exemplo, estará fora da cidade, tem um bebê recém-nascido, trabalha em uma campanha eleitoral – ao juiz eleitoral do cartório mais próximo em 5 dias após a notificação.

Neste ano, os chamamentos estão sendo feitas principalmente por e-mail. Alguns cartórios optaram por fazer as notificações por WhatsApp ou por ligação. Em último caso, o eleitor recebe a citação em casa, por correspondência.

O mesário é o representante da Justiça Eleitoral que compõe a mesa receptora de votos. São quatro funções em cada uma das sessões eleitorais – presidente de mesa, 1º, 2º e 3º mesário.

Até as eleições, os cartórios também estão publicando diariamente as substituições dos eleitores que tiveram o pedido de dispensa aceito. Da mesma forma que os titulares, os substitutos serão notificados.

Mais informações no Canal do Mesário. O TRE-MS atende pelo (67) 2107-7000.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions